Clicky

GESTÃO

Empregados da Dataprev entram em greve na véspera do novo Auxílio Emergencial

Luís Osvaldo Grossmann ... 08/03/2021 ... Convergência Digital

Os funcionários da Dataprev estão em greve a partir desta segunda, 8 de março. Além de reunião com apelos à necessidade de trabalho para a nova etapa do Auxílio Emergencial, a direção da estatal tentou demover a greve sinalizando uma nova mesa de negociações. Mas como se recusou a prorrogar a validade do acordo coletivo vigente, a opção dos trabalhadores foi manter o movimento. 

“Temos uma pauta com diversos itens, mas o plano de saúde se tornou o ponto principal, especialmente neste momento de pandemia e com atendimentos sendo recusados, coberturas negadas e até oxigênio desligado. A Dataprev tem responsabilidade no fim do contrato com a GEAP e as opções de substituição representam cobertura menor e corte nos beneficiários”, afirma uma das coordenadoras da greve, Socorro Lago, da Fenadados. 

As encrencas com o plano de saúde já vêm, pelo menos, de 2019, quando os funcionários foram apresentados a reajuste de 62%. Em 2020, a Dataprev indicou que queria um novo convênio. Em setembro, a GEAP avisou que não tinha interesse em renovar. Em dezembro, os funcionários foram avisados que teriam mais dois meses de plano de saúde. No lugar, a Dataprev ofereceu acordos com operadoras da SulAmérica e Unimed. Mas em novas condições. 

“Pessoas em tratamento de diálise, câncer, Covid-19 ou em home care estão ficando sem atendimento. As novas opções trazem valores muito mais altos, mas não oferecem a mesma cobertura, além de cortar familiares. Os novos planos não aceitam pai e mãe e impõem limites à cobertura dos filhos. Inicialmente nem os aposentados poderiam aderir, mas a Dataprev recuou diante de várias ações judiciais. Podemos discutir o percentual de reajuste, mas queremos a mesma cobertura, seja com a GEAP ou outro plano”, emenda Socorro Lago. 


Na jornada digital, o ERP dá ao cliente a resposta em tempo real

O uso do ERP foi crucial para dar transparência e agilidade aos sistemas para as cobranças efetivas dos clientes, afirma o CFO da Lipson Cosméticos, Marco Magalhães. Já Marcelo Cabral, da Agasus, diz que um portal de comércio eletrônico está sendo viabilizado para acelerar as vendas dos equipamentos seminovos.

Gastos com obrigações da LGPD geram créditos de PIS e COFINS

A decisão foi da da 4ª Vara Federal de Campo Grande (MS) e abre um precedente relevante nesse momento de adequação à legislação. Procuradoria Geral da Fazenda Nacional vai recorrer da decisão.

Internet representa metade do faturamento para os MEI

Segundo pesquisa do Sebrae e da FGV, um terço dos microeempreendores individuais usa canais online para mais de 50% das vendas. WhatsApp é o canal preferido de inserção no mundo virtual com 88% de adesão.

Serpro: acordo coletivo tem abono de R$ 2 mil e reajuste de 5,3%

Segundo a Fenadados, acordo só foi possível a partir da mediação do Tribunal Superior do Trabalho. Reajuste equivale a 70% do INPC 2020/2021.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G