Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Governo lança guias em espanhol e inglês para atrair estrangeiros para licitações

Convergência Digital* ... 11/06/2021 ... Convergência Digital

Para incentivar a participação de empresas estrangeiras em licitações do governo federal, o Ministério da Economia divulgou nesta sexta, 11/6, versão em espanhol do Manual do Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (Sicaf). Segundo a secretaria de Gestão, o próximo passo será divulgar uma versão em inglês do material de apoio às licitações.

As regras para a participação de empresas estrangeiras em licitações realizadas no Comprasnet estão no Decreto nº 10.024/2019 e na Instrução Normativa nº 10/2020. Entre as medidas está o fim da exigência da tradução juramentada para o cadastro de fornecedores. Assim, para a habilitação no sistema é necessário apresentar apenas a documentação com tradução livre. Caso a empresa estrangeira seja vencedora do certame, apresentará a tradução juramentada da documentação exigida.

“Todas essas ações têm o objetivo de aumentar a participação das empresas estrangeiras, o que vai resultar no aumento da competição nas licitações”, afirma o secretário de Gestão do ME, Cristiano Heckert. “Desta forma, todo mundo vai ser beneficiado, pois além desse ganho para os fornecedores, a Administração também poderá comprar produtos ou contratar serviços de melhor qualidade a preços mais baixos”, destaca Heckert.

Para facilitar o acompanhamento da participação das empresas estrangeiras nas licitações do governo federal e dos entes que utilizam o Comprasnet, o Ministério da Economia divulgou, em março deste ano, o Painel de Empresas Estrangeiras. A ferramenta também tem por objetivo ampliar a transparência a partir da divulgação dos dados, além de auxiliar o gestor público com informações gerenciais.

Até o momento, 133 empresas já se cadastraram no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores. Destas, 76 já estão credenciadas, ou seja, já estão aptas a participar dos processos de compras.

* Com informações do ME


Venda do Serpro traz insegurança jurídica e uso indevido de dados

Análise da Data Privacy Brasil aponta para necessidade de envolvimento da ANPD e ausência de exemplo internacional que justifique a privatização da empresa de TI do governo. 

Serviços digitais: RS lidera oferta. São Paulo e Rio decepcionam. DF não manda dados

Bahia, Paraná e Paraíba também se destacaram no Índice de Oferta de Serviços Públicos Digitais dos Governos Estaduais e Distrital, organizado pela ABEP-TIC.

Salvador é a sétima capital a aderir ao Gov.br

Plataforma dispõe de uma rede para impulsionar e integrar as iniciativas por um governo 100% digital. Distrito Federal, 12 estados e 42 municípios já aderiram.

Banco Itaú é multado em R$ 9,6 milhões por uso irregular de dados

Sanção foi aplicada pelo Ministério da Justiça ao braço de empréstimos consignados da instituição, advindo da compra do BMG, e aponta para violações à privacidade, consentimento, e exclusão de dados, todas previstas no Marco Civil da Internet.

Dell: proteção de dados exige pilares na segurança cibernética

“Ataques estão mais sofisticados enquanto as pessoas e as empresas mais expostas. Precisamos de avançar na cultura da segurança cibernética”, observou o diretor da Dell para setor público, Bruno Assaf.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G