Clicky

Home - Convergência Digital

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Convergência Digital* - 02/04/2019

O ecossistema de Internet das Coisas deve movimentar US$ 9 bilhões, ou R$ 38 bilhões em 2019, e crescer acima de 20% ano contra ano até 2022, pontua a prévia  do estudo "Mercado Brasileiro de Software e Serviços", da ABES (Associação Brasileira das Empresas de Software) com IDC, divulgada nesta segunda-feira, 1º de abril, em São Paulo. O levantamento reforça que o  mercado de dispositivos, em especial os smartphones, representará 38% de todo o investimento em TI no Brasil (cerca de US$ 24,5 bilhões ou R$ 100 bilhões), com a venda de terminais de maior valor.

Ainda de acordo com o levantamento da IDC, os investimentos em Big Data e Analytics devem avançar em 2019, alcançando US$ 4,2 bilhões, ou R$ 16,8 bilhões. Já em relação ao uso da Inteligência Artificial (IA), o estudo indica que, no Brasil, 15,3% das médias e grandes empresas têm essa tecnologia entre as principais iniciativas e espera-se que isso dobre nos próximos quatro anos.

A expectativa de crescimento para os investimentos em TI no Brasil para 2019 é de 10,5%, ainda impulsionada pela venda de devices, contra uma expectativa de crescimento médio mundial de 4,9%. É o Brasil voltando a crescer o dobro da média mundial, como ocorria até 2013. Para TIC espera-se um crescimento mais moderado, da ordem de 4,9%.

Os números preliminares do estudo, que deve ser publicado na íntegra no segundo semestre de 2019, indicam que a somatória dos investimentos em TI, em 2018, entre os países analisados, chegou a US$2,23 trilhões, um valor 6,7% maior que o ano anterior. Os Estados Unidos lideram o ranking mundial com US$ 822 bilhões, seguidos por China e Japão com US$250 bilhões e US$140 bilhões, respectivamente.

Na América Latina, o Brasil se manteve em primeiro lugar no ranking regional, responsável por 42,8% dos investimentos em TI, mais que o dobro registrado pelo México (20%), que ficou em segundo lugar, seguido por Argentina (7,5%) e Colômbia (7,1%). A região investiu US$108,8 bilhões no mercado de TI em 2018, representando quase 11% do total mundial.

Em relação ao investimento em TIC, que inclui TI e Telecom, o Brasil desceu uma posição, ficando em 7º lugar no ranking mundial, com US$ 97 bilhões investidos, seguindo uma tendência de ligeira retração dos últimos anos desse setor, muito relacionada à transição de voz para dados dos consumidores. Neste quesito, o Brasil ficou ainda à frente da Índia (US$86 bilhões) e logo depois da França (US$109 bilhões).

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/07/2021
Governos são os grandes consumidores de IoT e o serão mais com o 5G

17/06/2021
FINEP aporta R$ 3 milhões em gêmeo digital para IoT da indústria 4.0

11/06/2021
Europa vai gastar US$ 200 bilhões com Internet das Coisas

09/06/2021
UIT adota recomendações globais para Internet das Coisas propostas pela Anatel

24/05/2021
Serpro vai ao mercado para buscar parceiros para Internet das Coisas

12/05/2021
Fundo para IoT chega ao mercado brasileiro com R$ 240 milhões

30/04/2021
Sorocaba, SP, sedia Centro de Referência em Internet das Coisas

26/04/2021
Hyndai Brasil contrata Vivo Empresas para carros conectados

19/04/2021
Vivo lança e-Sim IoT para expansão de negócios no Brasil

19/03/2021
Oi Soluções lança plataforma de IoT que auxilia empresas no controle do consumo de energia

Destaques
Destaques

5G vai gerar até US$ 5 trilhões ao PIB mundial

Em 2020, em plena pandemia, as tecnologias e serviços móveis contribuíram com US$ 4,4 trilhões do PIB global, um incremento de pouco mais de 7% em relação a 2019, revela a GSMA. Ano passado, o mundo contabilizou 5,2 bilhões de assinantes móveis, ou 67% da população mundial.

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência do 5G: Mais que eficiência, uma necessidade

Por Vinicius Marchese*

Imagine uma construção com guindastes de torres inteligentes, controle multidimensional, drones monitorando o projeto em tempo real e que, inclusive, permitem que a equipe de engenheiros faça intervenções no projeto em tempo real para evitar possíveis erros. Esta descrição pode não estar só na sua imaginação. Ela já é uma realidade no mundo graças ao 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site