Clicky

Home - Convergência Digital

Escassez de talentos e complexidade travam projetos de Internet das Coisas

Convergência Digital - 31/07/2019

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, 30/07, o IoT Signals, uma nova pesquisa elaborada para fornecer uma visão global do cenário da Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês). A empresa pesquisou mais de 3.000 tomadores de decisões de IoT em organizações empresariais para dar ao setor uma visão holística e de mercado do ecossistema de IoT, incluindo taxas de adoção, tendências de tecnologias relacionadas, desafios e benefícios da IoT.

O relatório indica que a adoção de IoT está crescendo rapidamente, e os entrevistados acreditam que 30% da receita de sua empresa daqui a dois anos virá graças à IoT. No entanto, o setor enfrenta uma lacuna significativa de habilidades em IoT, além de desafios de complexidade e segurança que podem comprometer os benefícios de negócios se não forem abordados.

“A IoT está transformando empresas em todos os setores e impulsionando inovações revolucionárias”, disse Sam George, diretor de Azure IoT. “Nossa pesquisa mostra que liberar todo o potencial da IoT exige que o setor lide com os principais desafios, como escassez de habilidades, preocupações com segurança e complexidade da solução", acrescenta o eexecutivo.

Principais conclusões do levantamento IoT Signals:

85% dos entrevistados estão em processo de adoção de IoT e três quartos deles têm projetos de IoT no planejamento.
Entre os que adotam a IoT, 88% acreditam que a IoT é fundamental para o sucesso do negócio.
Os que já adotaram IoT acreditam que verão um retorno do investimento (ROI) de 30%, incluindo economias e eficiência, daqui a dois anos.
Quase todos os que adotam IoT (97%) têm preocupações de segurança ao implementá-la, mas isso não impede a adoção.
38% dos que adotaram a IoT citam a complexidade e os desafios técnicos de usar a tecnologia como uma barreira para promover sua adoção.
A falta de talentos e treinamento apresenta desafios para metade dos que adotaram a IoT, e 47% dizem que não há profissionais qualificados suficientes disponíveis.
Os entrevistados acreditam que os mobilizadores fundamentais de tecnologia para o sucesso da IoT nos próximos dois anos são Inteligência Artificial, computação de fronteira e 5G.
Quase um terço dos projetos (30%) falha na fase de prova de conceito, geralmente porque a implementação é cara ou os benefícios finais não são claros.

A proliferação de dispositivos de IoT permite que as empresas levem a inteligência da nuvem à fronteira, para criar soluções que sejam adaptáveis e responsivas a seus ambientes. “De acordo com os estudos Global DataSphere IoT Devices e Data Forecast, o IDC espera que haja 41,6 bilhões de dispositivos de IoT conectados até 2025, crescendo a uma taxa de 8,9% durante o período da previsão”, disse Carrie MacGillivray, vice-presidente de grupo de IoT, 5G e Mobilidade no IDC.

“À medida que o mercado amadurece, a IoT se torna cada vez mais o tecido que permite a troca de informações de ‘coisas’ para pessoas e processos. Os dados tornam-se o denominador comum – à medida que são capturados, processados e usados a partir das fronteiras mais próximas e mais distantes da rede para criar valor para indústrias, governos e a vida dos indivíduos", completou o executivo.
 









Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/08/2021
Serpro escolhe Claro e Vivo para parcerias em internet das coisas

06/07/2021
Governos são os grandes consumidores de IoT e o serão mais com o 5G

17/06/2021
FINEP aporta R$ 3 milhões em gêmeo digital para IoT da indústria 4.0

11/06/2021
Europa vai gastar US$ 200 bilhões com Internet das Coisas

09/06/2021
UIT adota recomendações globais para Internet das Coisas propostas pela Anatel

24/05/2021
Serpro vai ao mercado para buscar parceiros para Internet das Coisas

12/05/2021
Fundo para IoT chega ao mercado brasileiro com R$ 240 milhões

30/04/2021
Sorocaba, SP, sedia Centro de Referência em Internet das Coisas

26/04/2021
Hyndai Brasil contrata Vivo Empresas para carros conectados

19/04/2021
Vivo lança e-Sim IoT para expansão de negócios no Brasil

Destaques
Destaques

5G vai gerar até US$ 5 trilhões ao PIB mundial

Em 2020, em plena pandemia, as tecnologias e serviços móveis contribuíram com US$ 4,4 trilhões do PIB global, um incremento de pouco mais de 7% em relação a 2019, revela a GSMA.

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A estrada de tijolos amarelos do 5G

Por Paulo Souza*

Com o 5G surgem novas dinâmicas de mercado e novos modelos de negócio habilitados pela tecnologia. E este momento é crucial para se preparar para o que vem pela frente.


Copyright © 2005-2021 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site