07/05/2021 às 11:45
Internet Móvel 3G / 4G


Open RAN: Microsoft descarta intenção de competir com as teles
Convergência Digital

A Microsoft disse à FCC, a agência reguladora dos Estados Unidos, que não tem interesse em competir com as teles móveis no Open RAN. A companhia, ao responder uma consulta pública do órgão regulador, confirmou querer ser uma das fornecedoras do ecossistema do Open RAN, a partir de uma arquitetura de rede baseada em computação em nuvem. Aliás, não apenas a Microsoft, mas uma série de outras gigantes de TI como Intel, Arm, IBM, Google e HPE.

A posição apresentada pela Microsoft é relevante, uma vez que rumores aumentavam a partir da intenção de compra  das empresas  Affirmed Networks, Metaswitch e CyberX. "A Microsoft está comprometida a trabalhar com as operadoras e não para tirar as operadoras do negócio", sublinhou a companhia na sua resposta à consulta pública.

Hoje a Microsoft não tem uma estratégia efetiva para RAN aberto, mas tem o Azure, sua plataforma de nuvem pública e quer que as teles transfiram seus dados e suas infraestruturas para a cloud. Para a companhia, a RAN aberta é crítica para a nuvem da operadora e a nuvem é chave para a RAN aberta. "Para atingir seu potencial, a RAN aberta precisa combinar seus recursos com a nuvem. Isso vai acontecer em etapas", pontuou.

Ainda para a gigante de TI, as teles têm três etapas distintas para migrarem para a nuvem. O primeiro estágio envolve software virtualizado no núcleo da rede, juntamente com parcerias de nuvem pública no perímetro ou nas instalações do cliente. O segundo estágio é a transferência de funções de rede selecionadas para a nuvem. E o terceiro estágio começa quando as operadoras começam a adotar “tecnologias de acesso sofisticadas como RAN aberto para lidar com tráfego em tempo real.

Em termos de recomendações específicas para a FCC, a Microsoft pediu à agência para encorajar a indústria a apresentar o equivalente à certificação OnGo. “Um programa de certificação da indústria para RAN aberto pode ser um marco significativo, onde todos os fornecedores de componentes são certificados”, completou a Microsoft.

*Fonte: Mobile World Live


Powered by Publique!