30/04/2021 às 12:22
Internet Móvel 3G / 4G


Oppo, da China, mantém Brasil fora, e prioriza Chile e Colômbia
Convergência Digital

A fabricante de smartphones chinesa, Oppo, que assumiu a liderança do mercado no seu país, de acordo com dados da Counterpoint Research, e está entre as cinco primeiras para remessas globais de terminais no mundo, amplia a sua operação na América Latina, mas descarta, pelo menos oficialmente, a entrada no mercado brasileiro. Aqui, os terminais são revendidos aos consumidores por meio de portais eletrônicos como o Mercado Livre.

A fabricante confirmou atuação no Chile e na Colômbia. O primeiro país na região a ter investimentos da chinesa foi o México. "Acreditamos em um futuro promissor no desenvolvimento econômico e tecnológico do mercado latino-americano", afirmou o presidente da empresa para a região, Figo Zhang.

Segundo ele, há uma meta 'ambiciosa' e de longo prazo para se tornar um dos principais fornecedores de smartphones para os países da região. O executivo, porém, não antecipou investimentos em outros países. Desde o seu lançamento em 2009, a Oppo estabeleceu uma presença oficial em mais de 40 mercados, com cerca de 80 parcerias de operadoras em vigor.

*Com informações do Mobile Live World






Powered by Publique!