04/05/2021 às 14:33
Internet Móvel 3G / 4G


TICs podem trazer economia anual de R$ 266 mil em uma fazenda de 1,5 mil hectares

Ao representar a ConectarAGRO, associação lançada em 2020 com o propósito de fomentar o ecossistema de conectividade rural, o diretor de novos negócios da Nokia no Brasil, Renato Bueno, revelou dados de um estudo feito pela entidade para medir o impacto do uso da tecnologia no campo. Segundo ele, cinco casos mais comuns do uso da TI foram avaliados: gestão de agroquímicos, gestão de combustíveis, gestão de pessoas, manutenção e segurança em uma fazenda de 1,5 mil hectares por um ano.

O levantamento constatou que a gestão em tempo real da aplicação de defensivos agrícolas, evitando sobreposição e desperdício, leva a uma eficiência de 4% na aplicação de defensivos. Em lavouras de algodão, milho e soja, que têm gasto médio por ano de R$ 3 mil reais, significam R$ 184 mil de economia. O levantamento foi divulgado no evento AGROtic 2021, realizado pela Momento Editorial.

Na gestão de pessoas, o cálculo é de um ganho de 2% de produtividade, o que representa R$ 18 mil anuais. Aplicações de manutenção preditiva, que podem identificar desgaste de peças, de motores, e orientar a intervenção antes de o equipamento quebrar, ampliam a produtividade em até 2%. “E em segurança, a gente vive vandalismo, roubo no campo infelizmente. E monitorar isso com equipes, pode trazer redução de quase 50% dos gastos anuais com isso”, exemplificou Bueno.

O estudo conclui que uma fazenda de 1,5 mil hectares do Mato Grosso, produtora de algodão, soja e milho, a partir do maior uso de tecnologia obtém economias anuais de R$ 266 mil. O que equivale a uma redução de custos médio de R$ 177 por hectare por ano.

Fonte: portal Telesíntese


Powered by Publique!