07/05/2020 às 10:30
Internet Móvel 3G / 4G


Telefónica e Liberty Global acertam fusão de R$ 220 bilhões no Reino Unido
Convergência Digital*

A espanhola Telefónica, dona da Vivo no Brasil, e o grupo britânico Liberty Global anunciaram ter chegado a um acordo para fusão das operações da tele móvel 02 com a empresa de TV paga e banda larga Virgin Media. O negócio foi precificado em US$ 38 bilhões, ou o equivalente a R$ 220 bilhões. 

O acordo que une 02, da Telefónica, e a Virgin Media, da Liberty, é o maior negócio anunciado no Reino Unido nos últimos cinco anos e cria uma empresa forte em banda larga e telefonia móvel que vai desafiar a líder BT (British Telecom). A 02 é a segunda operadora celular e a Virgin a maior provedora de TV por assinatura no país. 

O presidente da Telefónica, Jose Maria Alvarez-Pallete, disse que as empresas serão muito mais fortes juntas. O grupo espanhol, vale lembrar, já tinha tentado vender a 02, sem sucesso. Segundo o CEO da Liberty Global, Mike Frie, “não é segredo que quando o 5G encontrar a banda larga de 1 gig será mágica para os clientes”. 

Pelo acordo, os grupos terão participação igualitária na nova companhia – e projetam “sinergias” de US$ 7,7 bilhões (R$ 45 bilhões) anuais a partir do quinto ano após a conclusão da fusão. O negócio valoriza a 02 em 12,7 bilhões de libras (cerca de R$ 91 bilhões) e a Virgin Media em 18,7 bilhões de libras (R$ 134 bi). E a expectativa é de que a empresa combinada invista 10 bilhões de libras (R$ 71 bilhões) no Reino Unido nos próximos cinco anos. 

É valor parecido com o que foi anunciado pela BT – que já foi a monopolista de telecomunicações no Reino Unido – cuja projeção apresentada há uma semana indicava aportes de 12 bilhões de libras (R$ 86 bilhões) para substituir a rede de cobre por fibras ópticas em 20 milhões de domicílios. 

* Com informações da Reuters


Powered by Publique!