Clicky

Home - Convergência Digital

Vivo Pay chega integrado ao Pix e disponível para não clientes

Da redação - 29/04/2021

A Vivo lançou o Vivo Pay, uma conta digital que permite a realização de diversas transações bancárias direto pelo app, com segurança e de forma fácil e simples. O serviço, disponível para qualquer pessoa, é um avanço na estratégia da Vivo na área de serviços financeiros e contribui para a inclusão financeira da população, já que oferece, entre outras funcionalidades, um cartão pré-pago virtual Visa, sem anuidade, para compras online; e permite enviar e receber dinheiro e pagar contas via PIX. Além disso, ao utilizar o Vivo Pay, os usuários podem ganhar até 20GB de "Gigaback" - recompensa em pacotes de dados da Vivo.

Este é um importante passo da estratégia da Vivo na área de serviços financeiros, reforçando o posicionamento da empresa como hub de serviços digitais, que facilita o acesso das pessoas a outros serviços, além de telecomunicações. Com o Vivo Money, lançado em outubro, a Vivo passou a ofertar crédito pessoal para seus clientes pós e controle. E o Vivo Pay traz para toda a população uma nova opção para fazer operações corriqueiras do dia a dia, como pagar contas sem precisar ir a uma lotérica, enviar e receber dinheiro via PIX ou fazer recarga de celular.

"A pandemia levou a uma aceleração na inclusão financeira da população, mas ainda há uma grande parcela de brasileiros desbancarizados ou pouco bancarizados. Muitos são clientes Vivo, têm proximidade com a nossa marca e fazem recargas de crédito pré-pago todos os meses. Uma conta digital gratuita da Vivo pode contribuir muito no dia a dia deles, dando acesso a um mundo de oportunidades. É um serviço que traz facilidade para as pessoas, em linha com o nosso propósito de Digitalizar para Aproximar", diz Rodrigo Gruner, diretor de Serviços Digitais e Inovação da Vivo.

Gigaback e outras funcionalidades

Além de ganhar facilidade e praticidade para realizar transações financeiras, o Vivo Pay tem o "Gigaback". Ao usar o serviço, clientes da Vivo podem ganhar até 20GB para navegar na internet. Basta usar diferentes funcionalidades do Vivo Pay, como completar o cadastro da conta digital, que gera 2GB; ou fazer o primeiro depósito em conta, que dá outros 2GB. Ao realizar a primeira compra com o cartão pré-pago virtual, o usuário ganha "Gigaback" de 6GB e, com a primeira recarga Vivo, recebe outros 10GB. Ao longo do tempo, outras funcionalidades vão gerar "Gigaback".

"Ao invés de oferecer cashback e dinheiro, decidimos oferecer GB como recompensa para os usuários do Vivo Pay, pois sabemos como a conectividade tornou-se ainda mais essencial devido à pandemia. Queremos gerar valor para nossos clientes", explica Gruner.

Para usar o Vivo Pay, basta fazer o download do aplicativo, disponível para Android e iOS. O serviço é livre de anuidades ou mensalidades e a navegação no app não desconta da franquia de clientes Vivo. O Vivo Pay é integrado ao PIX, possibilitando que o usuário faça depósitos em sua conta Vivo Pay, envie e receba dinheiro entre contas do Vivo Pay e outros bancos, e pague por QR Code, sem a cobrança de tarifas. Também é possível fazer transferências e depósitos via boleto, TED e DOC.

Os usuários do Vivo Pay têm um cartão pré-pago virtual Visa, sem anuidade, para fazer compras online. Com o cartão, eles também podem comprar, direto no Vivo Pay, créditos para usar com serviços digitais, como Uber, Spotify e iFood; e fazer recargas de celular de qualquer operadora - ao usar o Vivo Pay para recarregar créditos em celulares Vivo Pré, o cliente ganha bônus de internet de até 2GB, variando conforme o valor da recarga.

Nos próximos meses, o Vivo Pay ganhará outras funcionalidades, como saque sem cartão; recarga de transporte público e será conectado a outros produtos e serviços da Vivo e de parceiros. O objetivo é que o Vivo Pay seja o meio de pagamento da Vivo e para isso seguirá em constante evolução, trazendo cada vez mais facilidade e benefícios.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

02/08/2021
ex-CIO da Vivo assume o comando da Fibrasil, empresa de fibra ótica

28/07/2021
Vivo: Com Fibrasil, tele vai às compras para engolir provedores pelo caminho

27/07/2021
Na 'guerra' da fibra ótica, Vivo lucra R$ 1,3 bilhão no 2º trimestre

27/07/2021
Pix ilimitado para o B2B é arma de fintechs como o C6 Bank

22/07/2021
No Brasil, 74% esperam brinde ou desconto por pagamento digital

22/07/2021
BC cria nova forma de pagamento via Pix de olho no comércio eletrônico

20/07/2021
Paraíba sai na frente e Pix será usado para pagar custas judiciais

16/07/2021
Bancos oficializam cobrança por PIX para o mercado corporativo

16/07/2021
Justiça reverte decisão e isenta Vivo em clonagem de WhatsApp

14/07/2021
Rede Neutra:Contrato de dez anos entre Vivo e FiBrasil é de R$ 15,3 bilhões

Destaques
Destaques

5G vai gerar até US$ 5 trilhões ao PIB mundial

Em 2020, em plena pandemia, as tecnologias e serviços móveis contribuíram com US$ 4,4 trilhões do PIB global, um incremento de pouco mais de 7% em relação a 2019, revela a GSMA.

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A estrada de tijolos amarelos do 5G

Por Paulo Souza*

Com o 5G surgem novas dinâmicas de mercado e novos modelos de negócio habilitados pela tecnologia. E este momento é crucial para se preparar para o que vem pela frente.


Copyright © 2005-2021 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site