Clicky

INTERNET

Brasil é top 5 entre os países que mais mandam tirar conteúdo do Google

Convergência Digital ... 30/03/2021 ... Convergência Digital

O sistema internacional Statista realizou recentemente um levantamento em que registrou o número de solicitações governamentais e judiciais de remoção de conteúdo do Google durante todo o primeiro semestre de 2020 das nações que mais requisitaram tais direitos, de acordo com a unificação de dados feita pela plataforma de descontos online Cuponation. Dentre os 20 países participantes da pesquisa, o Brasil aparece como o único país citado na América Latina, ocupando o quinto lugar do ranking com um total de 576 pedidos ao Google para a retirada de determinadas informações da internet, independentemente de ser verídica ou não.

O dado aponta um aumento de 54,42% de solicitações de remoção de conteúdo desde 2017, em que, na época, foram feitos 373 pedidos: 189 sobre difamação, 124 sobre privacidade e segurança e 66 sendo sobre lei eleitoral, conforme estudo divulgado pelo próprio Google. No entanto, apesar desse crescimento dos últimos 4 anos, a pesquisa Statista mostra que o Brasil caiu de posição na lista, onde antes estava em segundo lugar.

Isso aconteceu porque os demais países apresentados estão com governos mais analíticos aos conteúdos que são expostos na internet, e por isso a demanda de solicitações  aumentou. O que comprova tal fato é o número de informações retiradas do ar na Rússia, nação que garante atualmente o primeiro lugar do ranking, com 12.688 requisições de remoção durante o mesmo semestre do ano passado - ou seja, quase 22 vezes mais que nosso país.

De resto, as nações que se posicionaram em segundo e terceiro lugares da lista são do continente asiático: Coreia do Sul e Índia, que solicitaram ao Google 1.235 e 1.024 vezes, nessa ordem. Os países que foram apresentados em última e penúltima posição das vinte nações são Espanha e Tailândia, com apenas 50 e 55 pedidos de retirada de dados, também nesta ordem.

 
 


Revista Abranet 35 . ago/set/out 2021
Veja a Revista Abranet nº 35
Sua empresa está engajada em ESG?, muito além da última milha, telemedicina avança na pandemia, como atuar nas escolas públicas, moedas digitais, pesquisa TICs Provedores... Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

Entidade OTT se mobiliza para mudar Marco Civil para combater pirataria

A Associação de Brasileira de OTT - Abott's - lançou um manifesto onde revela preocupação com o momento do setor e pede ações para ampliar mercado e assegurar a legalidade do modelo.

Brisanet levanta R$ 1,3 bilhão com IPO na B3

Recursos serão usados para a expansão da rede própria e para impulsionar os negócios da Agility Telecom, fornecedora de serviços de internet no modelo de franquias.

Brasil TecPar quer ser um ISP nacional e avança no Rio de Janeiro

Empresa, dona da Ávato Tecnologia e Amigo Internet, comprou a Intnet, com atuação na região dos Lagos. Meta  é chegar a 1 milhão de serviços prestados para clientes residenciais e empresariais em 2023. O valor da transação não foi revelado.

Para a Justiça, vender e não entregar produto na Internet não configura dano moral

A 1° Turma da 1ª Câmara Regional de Caruaru, na Paraíba, indeferiu o pedido de um cliente que comprou um celular pela internet mas nunca recebeu o pedido.  O autor comprou um celular, que nunca chegou, e solicitou indenização.

Anatel adia para 31 de agosto prazo para envio de dados dos ISPs

Agência reguladora atendeu a um pedido da Abranet, preocupada com a demanda junto às pequenas prestadoras de serviços de telecomunicações e com as possíveis sanções pelo não atendimento a demanda.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G