Clicky

INTERNET

Para PGR, TV paga pela internet não exige cotas nem canais obrigatórios

Luís Osvaldo Grossmann ... 09/12/2020 ... Convergência Digital

Ao opinar em ação movida pela Associação Brasileira de Produtores Independentes de Televisão, na ADI 6334, o Procurador Geral da República, Augusto Aras, sustentou que ao contrário do que pretende a Bravi, a Lei do Serviço de Acesso Condicionado (12.485/11) não tem efeitos sobre a oferta de canais pela internet, ainda que de programação linear. 

Segundo o PGR, o Supremo Tribunal Federal não deve modificar a interpretação técnica já feita pela Anatel, no sentido de que o enquadramento como serviço de telecomunicações, e portanto ao regime legal da TV por assinatura, “pressupõe que a prestadora tenha controle ou responsabilidade pela infraestrutura utilizada como suporte à oferta do serviço – o que não se verifca na oferta dos serviços audiovisuais pela internet”. 

“Não cabe ao Poder Judiciário substituir-se à agência especializada a fim de estabelecer solução técnica, sob pena de invadir campo reservado ao ente regulador e consequentemente afrontar o princípio da divisão funcional de Poder”, anotou Aras no parecer enviado ao Supremo. 

Segundo já indicado pela Anatel ao avaliar o caso específico que abriu margem para o conflito entre o serviço de acesso condicionado e a oferta de canais pela internet, “entende-se que tanto pela não caracterização de um serviço de telecomunicações que realize telecomunicação para fins de distribuição de canais de programação, como pela não caracterização da linearidade em sendo estrito do conteúdo, as aplicações de Internet a exemplo das objeto dos processos inicialmente citados da Fox e TO PSPO RTS, não constituem Serviço de Acesso Condicionado, nos termos da atual regulamentação e legislação”. 


Brasil TecPar quer ser um ISP nacional e avança no Rio de Janeiro

Empresa, dona da Ávato Tecnologia e Amigo Internet, comprou a Intnet, com atuação na região dos Lagos. Meta  é chegar a 1 milhão de serviços prestados para clientes residenciais e empresariais em 2023. O valor da transação não foi revelado.

Para a Justiça, vender e não entregar produto na Internet não configura dano moral

A 1° Turma da 1ª Câmara Regional de Caruaru, na Paraíba, indeferiu o pedido de um cliente que comprou um celular pela internet mas nunca recebeu o pedido.  O autor comprou um celular, que nunca chegou, e solicitou indenização.

Anatel adia para 31 de agosto prazo para envio de dados dos ISPs

Agência reguladora atendeu a um pedido da Abranet, preocupada com a demanda junto às pequenas prestadoras de serviços de telecomunicações e com as possíveis sanções pelo não atendimento a demanda.

Elon Musk, da Starlink, descarta concorrência direta com as teles móveis

Como já fez com Mark Zuckerberg, do Facebook, o MWC 2021 deu protagonismo ao CEO da Space X, Elon Musk, que tem um serviço de banda larga via satélite Starlink. Executivo, humilde, disse que o seu sistema completa o 5G, e que mais coopera do que compete com as operadoras móveis.

STJ: Autoridade Judicial está apto a pedir dados a ISPs só pelo nome

Decisão foi da Quinta Truma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que negou mandado de segurança impetrado de um provedor de internet.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G