Clicky

LG e trabalhadores não se entendem em audiência de conciliação no TRT de SP

Convergência Digital ... 28/04/2021 ... Convergência Digital

Os 700 funcionários da LG Electronics, em Taubaté (SP), que estão em greve desde segunda-feira, 26/04, propõem que a fabricante sul-coreana de eletroeletrônicos pague uma indenização total de R$ 37,5 milhões pela demissão dos colaboradores.

A proposta, superior aos R$ 25,7 milhões oferecidos pela LG, foi apresentada pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) em uma audiência de conciliação, realizada nesta terça-feira, 27. Além da indenização, a proposta também contempla pontos como pagamento de Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) e extensão do plano médico. A LG tem dez dias para responder. A mediação terminou sem acordo entre as partes.

Enquanto isso, os 400 funcionários que atuam na produção de smartphones e os 300 que estão na linha de produção de computadores e monitores seguem em greve e a produção da fábrica continua paralisada. Também estão parados os 430 funcionários de empresas de Caçapava e São José dos Campos. A LG é a única fornecedora das empresas que, com a saída, anunciaram o fim da produção e a demissão de todo o quadro funcional.

Desde o fim de março, os trabalhadores negociam as condições de demissão com a empresa, que decidiu encerrar a produção local de smartphones, por uma decisão global, e ainda transferir a produção de computadores e monitores para Manaus (AM), aqui, por conta da guerra fiscal com o ICMS entre os estados de São Paulo e Amazonas.

*Com informações de agências de notícias


Indústria eletrônica cresce 15,7% no primeiro semestre

Para Abinee, resultado contou com a base fraca de comparação, diante do impacto da Covid-19 na atividade em 2020. 

Novo trojan vazou senhas de 40 mil brasileiros

Batizado de Redline Trojan Stealer, programa está sendo comercializado em fóruns de pirataria por até 200 dólares. O malware se infiltra por três formas:  campanhas de phishing, a partir de e-mails falsos, links para download de softwares pirateados e por aplicativos móveis não oficiais.

Open Banking: Brasileiro se preocupa com crime financeiro e dados anônimos

Pesquisa da TecBan, feita pela Ipsos, com brasileiros bancarizados mostra que a principal demanda esperada pelos correntistas é a garantia de um atendimento em caso de fraude. Também aumentou a preocupação em saber se os dados compartilhados serão mesmo protegidos como a LGPD impõe.

Bancos oficializam cobrança por PIX para o mercado corporativo

Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander fecharam uma tarifa variando entre R$ 9 e R$ 10. Já Caixa, Nubank e Inter seguem não cobrando pelo serviço. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G