Clicky

Suframa acelera unidade de notebooks da LG na Zona Franca de Manaus

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/05/2021 ... Convergência Digital

Em decisão ad referendum do Conselho de Administração da Suframa, o Ministério da Economia aprovou o pedido da LG para transferir a unidade de notebooks e monitores da fábrica em Taubaté (SP), que será fechada, para o Polo Industrial de Manaus – com direito aos incentivos fiscais da Zona Franca. 

“Entendemos a urgência de termos uma decisão sobre o investimento que será feito pela empresa e aceleramos as análises. E eles entenderam a necessidade de criarem mais empregos dos previstos inicialmente, que eram 68 e agora serão 150”, afirmou o secretário de Produtividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, na condição de presidente substituto do CAS, após reunião com representantes da LG na terça, 11/5. 

O próprio Carlos da Costa tinha retirado o projeto da LG da pauta do Conselho da Suframa em 23/4, para pedir mais detalhes sobre a proposta, que promete investimentos de R$ 325 milhões. A inclusão no Polo Industrial de Manaus garante incentivos fiscais, como a redução de imposto de importação e ICMS, além da isenção de IPI.

Com a decisão global da LG de abandonar a produção de celulares, a fábrica de Taubaté será fechada. Com isso, a produção de notebooks e monitores, que também ficava no estado de São Paulo, será levada para o Amazonas, onde a empresa coreana já tem 2,2 mil empregados na fabricação de eletrodomésticos. 

Ainda no fim de abril, a LG firmou acordo para indenizar os 705 funcionários que perderão emprego em Taubaté, no montante de R$ 37,5 milhões – para o pagamento de valores entre R$ 12 mil a R$ 73 mil, a depender do tempo de casa e do salário de cada um. 


Open Banking: Brasileiro se preocupa com crime financeiro e dados anônimos

Pesquisa da TecBan, feita pela Ipsos, com brasileiros bancarizados mostra que a principal demanda esperada pelos correntistas é a garantia de um atendimento em caso de fraude. Também aumentou a preocupação em saber se os dados compartilhados serão mesmo protegidos como a LGPD impõe.

Bancos oficializam cobrança por PIX para o mercado corporativo

Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander fecharam uma tarifa variando entre R$ 9 e R$ 10. Já Caixa, Nubank e Inter seguem não cobrando pelo serviço. 

CI&T vai às compras e adquire a Dextra por jornada digital

Os valores da transação não foram revelados pelas partes. Com a aquisição, a CI&T incorpora 1200 profissionais e clientes no Brasil e nos Estados Unidos.

JP Morgan compra 40% do C6 Bank

Lançado em 2019, o C6 Bank soma mais de 7 milhões de clientes na sua plataforma digital. Quem tem acordo com o banco digital é a TIM.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G