Clicky

Cade aprova venda do controle da empresa de fibra da TIM para IHS

Luís Osvaldo Grossmann ... 16/06/2021 ... Convergência Digital

A Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou, sem restrições, o acordo entre a TIM e a IHS para venda do controle da unidade de fibras ópticas da operadora móvel. O negócio, pelo qual a TIM vai receber R$ 1 bilhão, além de compromissos de investimento da IHS na ‘FiberCo’, foi anunciado em 5 de maio.

Segundo a SG do Cade, “a operação não acarreta prejuízos ao ambiente concorrencial”, visto que “a integração vertical verificada na Operação abrange participações abaixo de 30% tanto no mercado de serviços de construção, gestão e operação de infraestrutura de telecomunicações ofertados pela IHS como no de infraestrutura de fibra ótica de última milha voltada para Serviços de Comunicação Multimídia - SCM, que será ofertado pela Empresa Alvo após a Operação”.

No início de maio, a TIM anunciou ter fechado o negócio para vender 51% do controle da unidade de fibra ótica para a IHS Fiber Brasil, ficando com os 49% restantes. Em dinheiro, são R$ 1,6 bilhão. O acerto prevê a TIM como cliente-âncora e auma possível exclusividade à TIM por seis meses na entrada em novas áreas. Toda a rede FTTH da Live TIM será transferida à IHS.

A transação atribui valor de R$ 2,6 bilhões à FiberCo. A IHS vai aportar R$ 609 milhões no caixa da nova empresa, e pagará ainda R$ 1,03 bilhão à TIM. A base inicial de ativos da FiberCo será constituída pela infraestrutura de rede secundária da TIM que cobre, aproximadamente, 6,41 milhões de domicílios, sendo 3,5 milhões em FTTH e 3,5 milhões em FTTC.

"Durante seis a oito meses, a infraestrutura da FiberCo nova será apenas da TIM. Só depois, ela será aberta para o mercado comprar. E a FiberCo vai fazer fibra seguindo o nosso plano estratégico definido para os próximos quatro anos. Vamos fazer fibra, antes de comprar dos outros", explicou o presidente da TIM, Pietro Labriola, sobre o acordo. O dinheiro vai ser usado na compra da Oi.


Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Pietro Labriola, da TIM, assume presidência da Conexis Brasil Digital

CEO da TIM substitui Rodrigo Abreu, da Oi no comando da entidade setorial. Labriola representará a entidade por um ano e acumulará ainda a presidência da Telebrasil e da Febratel. O 5G é a prioridade na agenda.

Teles pedem aprovação urgente de prisão por oito anos para quem furta ou rouba cabos

Em 2020, foram 96 mil ocorrências de furtos e roubos de cabos de cobre, uma extensão de 4,6 mil km, prejuízo de R$ 1 bilhão às operadoras e apagão de serviço.

Oi não resistiria à pulverização dos ativos da Oi Móvel

Operação ficaria complexa e deixaria de arrecadar o valor esperado pela recuperação judicial, afirma o advogado Gustavo Marinho, da Marinho&Valim Advogados. Para o presidente do Teleco, Eduardo Tude, a venda da Oi Móvel ao trio TIM, Vivo e Claro, beneficia a TIM na competição. "Ela fica com espectro", lembra.

Anatel põe em consulta manual de bens reversíveis e plano de migração

Além das orientações para o inventário de 2021, adiado para outubro, proposta prevê plano de transição da concessão do STFC para União ou sucessora. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G