Clicky

TIM Brasil: Dinheiro da venda da FiberCo será usado para pagar a compra da Oi Móvel

Ana Paula Lobo ... 06/05/2021 ... Convergência Digital

Depois de dois meses de negociação, a TIM vendeu 51% do controle da unidade de fibra ótica para a IHS Fiber Brasil, ficando com os 49% restantes por R$ 2,6 bilhões. O acerto prevê a TIM como cliente-âncora e auma possível exclusividade à TIM por seis meses na entrada em novas áreas. Toda a rede FTTH da Live TIM será transferida à IHS.

A transação atribui valor de firma de R$ 2,6 bilhões à FiberCo. A IHS vai aportar R$ 609 milhões no caixa da nova empresa, e pagará ainda R$ 1,03 bilhão à TIM. A base inicial de ativos da FiberCo será constituída pela infraestrutura de rede secundária da TIM que cobre, aproximadamente, 6,41 milhões de domicílios, sendo 3,5 milhões em FTTH (fibra até a casa do cliente) e 3,5 milhões em FTTC (fibra até o armário da operadora).

Na teleconferência de resultados do primeiro trimestre de 2021, nesta quinta-feira, 06/05,  o CEO da TIM Brasil, Pietro Labriola, afirmou que o valor arrecadado com a venda será usado para pagar parte da compra de ativos da Oi Móvel, considerada ação estratégico para os planos futuros de crescimento. Executivo também disse que não é rede neutra, mas a rede ficará aberta após o período de exclusividade- item diferenciado do acordos firmados pela Oi e pela Vivo.

"O nosso modelo não será totalmente neutro. Nós vamos abrir a rede depois de seis meses para outras operadoras. Mas toda a gestão dos clientes será 100% da TIM. Isso para nós é muito relevante. Nós achamos esse modelo de âncora é muito importante para o sucesso do negócio", afirmou Pietro Labriola. Outro ponto diferente das rivais Oi e Vivo: o backbone e o backhaul ficam 100% com a TIM. "Nós só estamos repassando a última milha. O backbone e backhaul são estratégicos para a telefonia móvel", observou Adrian Calaza, CFO da TIM.

A IHS é uma provedora de infraestrutura, com presença em nove países da África, do Oriente Médio e da América Latina. Tem, no mundo, 28 mil torres e, conforme a TIM, busca expandir sua atuação na cadeia de valor dos serviços de infraestrutura. Serão transferidos também outros ativos, contratos e empregados, “todos exclusivamente relacionados às suas atividades”. As transferências só irão se concretizar após o Acordo ser aprovado pela Anatel e pelo Cade.

“O plano de negócios da FiberCo tem a expectativa de atingir 8,9 milhões de domicílios cobertos em FTTH em 4 anos. A FiberCo participará ainda de outros projetos de infraestrutura, como o FTTSite, junto com a TIM”, diz o comunicado. O FTTSite é o plano de conexão com fibra de sites de telefonia móvel.


Internet Móvel 3G 4G
5G vai trazer R$ 13,5 bilhões para o Brasil até o final de 2022

Os recursos serão aportados em projetos envolvendo Inteligência Artificial, IoT, Cloud, Segurança, realidade aumentada e robótica, projeta a IDC Brasil. O B2B passa a ter papel central na estratégia de investimentos.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Feninfra: alta da SELIC impacta preços e traz risco de mais inadimplência

Entidade, que representa mais de 137 mil empresas de prestadores de serviços de telecomunicações, adverte que medida de combate à inflação do Banco Central atinge em cheio o setor produtivo. "O aumento de juros não é a única ferramenta de controle inflacionário", diz a presidente da entidade, Vivien Suruagy.

Teles sugerem prêmio às cidades que facilitarem antenas de 5G

Ideia é copiar marco legal do saneamento e pontuar os municípios com regras amigáveis à telecom em ranking de acesso a recursos públicos e convênios. 

Anatel adia decisão sobre uso de ‘white spaces’

Proposta prevê uso secundário e por dispositivos de radiação restrita do espectro ocioso nas faixas de 54 a 72 MHz, 174 a 216 MHz, 470 a 608 MHz, 614 a 698 MHz. 

TIM convoca rivais para brigar por propaganda com Google e Facebook

Os planos de uma carteira digital única não andaram como o desejado, mas a TIM almeja uma plataforma única de publicidade. “Se nos reunirmos podemos competir com Google e Facebook em um mercado muito maior”, vislumbra o presidente Pietro Labriola. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G