Clicky

Home - Convergência Digital

5G avança sobre espectro não licenciado

Convergência Digital* - 10/09/2020

A quinta geração de comunicações celulares sem fio, a "5G", mantém sua trajetória com mais de 105 redes 5G já em operação no mundo inteiro, conforme relatório divulgado pela 5G Americas. O estudo informa que a 3GPP concluiu as espeficações do release 15 e do relese 16, o que possibilita o uso do 5G muito além da telefonia celular.

Tambem reporta que O desenvolvimento do Release 17 começou para definir suporte para dispositivos de baixa complexidade, operação em 52,6 a 71 GHz, satélites, múltiplos SIMs e transmissão e multicast NR. "A evolução 5G chegou, com a emergência de novos casos de uso nos setores corporativo e de consumo aproveitando da maior velocidade de transmissão de dados, menor latência e capacidade de administrar um número imenso de dispositivos conectados. É uma época muito interessante para o setor com muitas oportunidades de inovação", afirma o presidente da 5G Americas, Chris Pearson.

O levantamento aponta ainda que:

As operadoras estão migrando para arquiteturas independentes com o objetivo de reduzir a latência de suas redes, ampliar a cobertura, abordar a IoT industrial e simplificar suas operações;

Formação de feixes e MIMO massivo agora possibilitam o aproveitamento do espectro acima de 6 GHz e melhoram o desempenho em bandas mais baixas.

A adoção da Internet das Coisas (IoT) está crescendo rapidamente, com a previsão de dezenas de bilhões de novos dispositivos conectados durante a próxima década.

O setor já está implementando versões da LTE com capacidade de operar no espectro não licenciado, e especificações já existem para a operação 5G na mesma faixa.

A Edge Computing e inteligência artificial estão criando novas arquiteturas de rede que oferecem latência ultra baixa, reduzem o custo operacional das redes e suportam novos tipos de aplicativos.

Para mais detalhes do levantamento, acesse: https://www.5gamericas.org/global-5g-rise-of-a-transformational-technology/

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

17/11/2020
TBNet fecha parceria com tele para transformar 23 mil ATMs em hotspots Wi-Fi 5G

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

12/11/2020
Anatel e ABDI vão testar uso industrial e redes privadas no 5G

12/11/2020
Carlos Baigorri é o novo relator do edital do 5G na Anatel

11/11/2020
OpenRAN: padronização é obrigatória para abrir o 'jogo' aos pequenos fornecedores

10/11/2020
Infraestrutura é o recurso escasso do 5G no Brasil

09/11/2020
Procon-SP notifica Claro, Motorola e Samsung sobre venda de 5G

Destaques
Destaques

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Classes D e E só têm o celular para teletrabalho e aulas remotas

Quase 40% dos alunos usam apenas os celulares para acompanhar as aulas online no Brasil, revela a 3ª edição do Painel TIC Covid-19, do CGI.br. No levantamento, porém, 36% dos alunos reclamam da baixa qualidade da conexão à Internet.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site