Clicky

Fundo para IoT chega ao mercado brasileiro com R$ 240 milhões

Ana Paula Lobo ... 12/05/2021 ... Convergência Digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Indicator Capital e a Qualcomm Ventures LLC anunciaram nesta quarta-feira, 12/05, o lançamento do Fundo Indicator 2 IoT FIP de venture capital, com valor captado de R$ 240 milhões, focado em investimentos early-stage e o primeiro especializado em Internet das Coisas (IoT) e Conectividade na América Latina.

O fundo conta com sete grandes investidores: além dos criadores do edital, BNDES e Qualcomm Ventures, foram captados recursos do Banco do Brasil, da Multilaser, da Motorola, da Lenovo e da Telefônica, entre outros investidores institucionais e corporativos.

Direcionado para startups que desenvolvem serviços e produtos relacionados a IoT e Conectividade, o fundo impulsiona o Plano Nacional de IoT, acelerando tecnologias de setores estratégicos para o país, como Agricultura, Saúde, Indústria 4.0, Cidades Inteligentes e Mobilidade. Com esta captação, a Indicator Capital se torna a maior gestora brasileira de venture capital na América Latina especializada em IoT.

Segundo Thomas Bittar, um dos três sócios-fundadores da Indicator, “o fechamento do produto foi disputado e não conseguimos acomodar todos os investidores. Por isso, priorizamos os mais estratégicos para nos ajudar a acelerar a formação do ecossistema de IoT nacional. O nosso objetivo era o de lançar um fundo com pelo menos R$ 120 milhões, mas a demanda possibilitou o fechamento da captação com duas vezes o valor original”, complementa.

O fundo é resultado de uma iniciativa conjunta do BNDES e da Qualcomm Ventures, que juntos, Junto, fizeram um aporte inicial de R$ 85 milhões. Ao participar do evento,o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, lembrou que a Covid-19 ampliou a desigualdade social e econômica no Brasil e lembrou que para a iniciativa dar certo é preciso reunir 'capital financeiro, política pública e articulação' e que esses passos foram feitos.

"O tema Internet das Coisas é disruptivo para dar um salto de competitividade ao Brasil. Estamos colocando recursos na última milha, na ponta para termos empresas capazes de produzir localmente. O fundo é um bebê que está nascendo e do qual vamos ter que cuidar para dar os resultados esperados", sustentou o executivo.

Com duração de 10 anos, o fundo investirá em até 30 empresas em estágio inicial (Série A), por meio de aportes de, em média, R$ 10 milhões. “Pretendemos realizar sete investimentos até o final de 2021, exercendo um papel de liderança em IoT na América Latina. Estamos trabalhando com muita dedicação para colocar o Brasil definitivamente no mapa global de Internet das Coisas, ao lado de países líderes em tecnologia”, complementa Derek Bittar, sócio-fundador da Indicator Capital.

Também presente ao evento de lançamento, o secretário de empreendedorismo e inovação do MCTI, Paulo Alvim, disse que Internet das Coisas é a oportunidade que o Brasil não pode deixar passar. "Temos condições de entrar no jogo internacional como provedores de hardware e software para a conexão das coisas. Hoje o MCTI apoia mais de 60 startups com subvenção econômica. Estamos no século 21. O momento digital exige a revisão dos instrumentos e dos mecanismos e potencializar parcerias público privado", destacou.


Internet Móvel 3G 4G
EUA define em 90 dias se proíbe de vez uso de câmeras de vigilância chinesas

A agência reguladora norte-americana abriu uma consulta pública para bloquear a compra e o uso de equipamentos e câmeras de vigilância da Huawei, ZTE, Hytera, Dahua e Hangzhou Hikvision.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

TIM emite R$ 1,6 bilhão em debêntures vinculadas à ESG

Operação é a primeira realizada por uma empresa de telecomunicações no país. Tele diz que todos os recursos arrecadados serão investidos em infraestrutura, em especial, no 5G.

Justiça condena Claro e Mercado Pago a indenizar dono de celular sequestrado

Jusitça usou o Código de Defesa do Consumidor como base para estabelecer a punição aos prestadores de serviços. Consumidores tiveram telefone registrado em outro chip e dinheiro sacado de plataforma de intermediação de pagamentos.

Pernambucanas investe em chip próprio de telefonia móvel

Varejista investe em telefonia MVNO em parceria com a Surf Telecom. Modelo de negócio não exige fidelidade e não cobra multas e não há plano fixo.

Anatel busca consultoria para implementar acesso dinâmico a espectro

Contratação será feita pela União Internacional de Telecomunicações e envolve análise do arcabouço normativo e proposta de novas possibilidades de regulação.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G