TELECOM

Por reinvenção, TIM vai comprar plataforma de Inteligência Artificial

Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos ... 21/11/2018 ... Convergência Digital

Reinvenção digital passa por usar novas ferramentas e a TIM Brasil vai ao mercado - com licitação a ser feita ainda em 2018 - para comprar uma plataforma de Inteligência Artificial, como o Watson, da IBM, para unificar toda a base de informações da companhia. Objetivo, afirma o recém-promovido a Chief Technology & Information Officer, Leonardo Capdeville, é ter a compra concretizada já no primeiro trimestre de 2019. Licitação deverá atrair empresas como Microsoft, IBM, Google e outros. Capdeville preferiu não falar de valores, mas admite que é uma concorrência relevante.

"Nós temos um piloto que a Tais, para uma operação MVNO, que reduziu 60% o custo das operações. Agora queremos levar essa ação para a rede, para o CRM, para o Marketing, para as vendas. Vamos ter um único big data e o motor cognitivo vai nos ajudar a criar serviços com as informações que temos da nossa base de clientes", sustentou Capdeville. O CTIO da TIM Brasil admite que o plano é ambicioso: tornar a TIM um hub digital, com a criação de diferentes marketplaces.

"Temos o lado bom e ruim para olhar. Realmente a TIM não entrou no chamado B2B, mas, agora, está preparada para fazer uma série de ofertas na modalidade de serviços. A Amazon não investiu em cloud para ser uma companhia de tecnologia, mas, sim, para resolver seu problema interno. Estamos indo na mesma linha e vamos, agora, agregar valor à conectividade. Queremos ir numa cidade e ofertar uma série de serviços", salientou Capdeville.

O CTIO da TIM Brasil diz que a era da transformação digital já passou. Agora o momento é o da reinvenção digital. "Se as operadoras continuarem com o modelo de vender pré-pago ou pós-pago para os clientes, vão morrer. Nós estamos nos reinventando", sinalizou Leonardo Capdeville. Nessa mexida na área de Tecnologia, a TIM contratou Guilherme Ferraz, ex-Globo, para a diretoria de Transformação Digital. "O objetivo era trazer uma pessoa de fora do mercado de Telecom. Sem os nossos vícios", acrescentou o CTIO.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, Leonardo Capdeville explica o processo de reinvenção digital, fala sobre quem vai pagar o 5G e de como as operadoras precisam agir para serem protagonistas da economia digital. O executivo veio a São Paulo nesta quarta-feira, 21/11, para formalizar a parceria de Inovação Aberta com o Cubo, do Itaú. A TIM é a única operadora atuando como mantenedora da iniciativa de inovação, que reúne mais de 70 startups. Assistam a entrevista com o CTIO da TIM Brasil, Leonardo Capdeville.


Internet Móvel 3G 4G
Agro 4.0 passa por recursos vindos da aprovação do PLC 79/16

Ministro Marcos Pontes diz que os aportes devem ficar entre R$ 20 e R$ 40 bilhões e boa parte dele virá da atualização do marco regulatório de Telecom, à espera de aprovação no Congresso Nacional. O governo lançou a Câmara do Agro 4.0 como parte do Plano Nacional de Internet das Coisas.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Silêncio positivo para antenas passa na MP da Liberdade Econômica, mas não como o mercado esperava

Serão os órgãos públicos- os responsáveis pela burocracia excessiva e que restringem a liberação da implantação - os responsáveis por determinar um prazo máximo de resposta. MP da Liberdade Econômica também mexeu em pontos da Lei trabalhista.

Unifique compra provedor Internet em Santa Catarina

Aquisição faz parte da estratégia da Telecom catarinense de ampliar sua área de expansão e conquistar 1 milhão de residências até 2025. Unifique, hoje, atende a 116 municípios do Estado de Santa Catarina.

Anatel tem quatro vagas para comitê de defesa dos usuários

São três vagas para representantes de usuários ou entidades de defesa do consumidor, além de uma para representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Huawei confirma investimento de R$ 3,2 bilhões até 2022 em São Paulo

Em comunicado, a fabricante chinesa diz que o aporte de US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões) acontecerá a partir de 2020 e engloba diversas iniciativas desde o suporte para a capacitação profissional de jovens em TICs até a manufatura de celulares 5G.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G