GOVERNO

Governo orquestra as compras públicas para pagar pelo uso

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 17/04/2019 ... Convergência Digital

Mudar o rito de compras governamentais é uma jornada que no Brasil começou em 2008 com a publicação da Instrução Normativa nº 4 e, passados 10 anos, hoje, mais do que padronizar o rito e o processo de aquisições, hoje, o desafio é padronizar o serviço para alcançar uma economia de escala e facilitar os movimentos de inovação, observou o secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, ao participar da mesa redonda sobre o impacto da segurança da informação nos negócios das empresas e nas instituições governamentais, realizada pelo portal Convergência Digital, em parceria com a Unisys e a Dell EMC.

"Nós queremos desonerar os órgãos e gerir todos os processos de contratação de serviços. A premissa do mercado tem sido pagar pelo uso e no governo não é diferente", afirmou Heckert. Segundo ele, a ideia do governo único ainda está distante e há, sim, várias ilhas, mas já há um trabalho para interligar os pontos e se ter uma gestão padronizada. A ideia é orquestrar as contratações de TICs e encerrar o isolamento nas aquisições", afirmou.

Participaram do encontro os executivos Cristiano Heckert e Silvio Lima, da secretaria de Gestão do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro, da Secretaria de Governo Digital, do Ministério da Economia, Marcelo Yared, do Banco Central, José Garcia, da GSI, Valdeck Araújo, do ITI, André Molina, do Senado Federal, Ismael Tedesco, do Serpro, Victor Hugo Rosa, da Aneel, Carlos Monteiro, da CEB distribuidora, Valmir Fernandes, do CNJ, Edgar Moreira, da Sabin Medicina Diagnóstica, Darlan Lins, da Caixa Econômica Federal, Alcyon Junior, da Poupex e Zoreth Ferreira, da EMGEA. Assistam à participação do secretário de Gestão do Ministério da Economia, Cristiano Heckert, sobre compras governamentais.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Resolução abre estudos para privatização de Serpro e Dataprev

Quase um mês depois da decisão anunciada, Conselho do Programa de Parceria de Investimentos determina a análise, que deve ficar com o BNDES, “de alternativas de desestatização ou parceria com a iniciativa privada”.

Entidades de TI se mobilizam contra aumento de imposto para serviços

Proposta da Reforma Tributária, em discussão no governo, poderá causar um incremento de 11 pontos percentuais na tributação dos serviços, reclamam a Fenainfo e a Feninfra.

Congresso debate impacto das TICs no futuro do Brasil

Câmara e Senado vão promover um fórum para discutir temas como inteligência artificial, propriedades de dados pessoas, cidades inteligentes e internet das coisas. "Os dados pessoais serão o ativo mais importante de um País", afirmou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Privatização da Telebras e perda da soberania antagoniza deputados e Governo

Enquanto representantes do governo Bolsonaro afirmam que 'é cedo' para discutir o impacto real da possível venda da estatal, parlamentares da CCTI da Câmara, entre eles, o deputado Luis Miranda, do DEM/DF, criticam a decisão por interferir em dados sensíveis ao Estado.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G