Clicky

Convergência Digital - Home

Universidade de Nova York escolhe empresa brasileira para projeto de nuvem

Convergência Digital
Convergência Digital* - 20/09/2019

A multinacional de tecnologia e engenharia Radix foi escolhida pela  New York University (NYU), considerada uma das instituições de ensino e pesquisa mais influentes do mundo, para atuar no desenvolvimento de um de seus programas, o NYU Administrative Data Research Facility (ADRF), que é uma plataforma hermética e segura de análise de dados confidenciais.

De acordo com o site da Coleridge Initiative, startup baseada na NYU que executa este projeto, o ADRF institucionaliza o acesso e o uso seguro de dados. É um ambiente baseado em nuvem e certificado pelo FedRAMP, que garante confidencialidade e sigilo das informações.

O sistema permite que agências do mesmo estado ou de estados diferentes dos Estados Unidos compartilhem seus dados em uma área comum na nuvem para determinadas ações. Somente no último ano, o ADRF ofereceu serviços para mais de 200 pesquisadores e funcionários de agências governamentais norte-americanas e abrigou quase 50 bases de dados confidenciais, de 12 agências diferentes de todos os níveis do governo.

“Nosso objetivo neste projeto era executar a reestruturação da arquitetura do ADRF com três principais focos: segurança, usabilidade e escalabilidade”, diz o gerente do projeto na Radix, Luiz Penedo. O programa foi executado pelos desenvolvedores Fausto Junqueira, João Ferreira e Willow Chung, que lidaram com tecnologias e plataformas como Docker, Kubernetes, Jupyter e AWS.

Empresa global com sedes no Rio de Janeiro e em Houston (EUA), a Radix atua nas áreas de tecnologia e engenharia, com o objetivo de transformar seu conhecimento técnico-científico em soluções qualificadas e com independência tecnológica para seus clientes. Hoje a companhia soma mais de 600 colaboradores.


Destaques
Destaques

Sky nega venda de data center e quer ter 100% dos sistemas na nuvem em 2022

"O projeto era ter tudo este ano, mas tivemos que rever por conta da pandemia. Vamos ficar com 80% dos sistemas de TI na nuvem da Oracle. Mas isso não significa que vamos nos desfazer do nosso data center. Ele será realocado para a Engenharia", afirmou André Nazaré, diretor de TI da Sky Brasil.

Teradata é 100% cloud e open source

Há 40 anos no Brasil, empresa disse adeus ao hardware para ser uma companhia de software e de computação em nuvem. "Boa parte das empresas trata os dados como uma mercadoria. Eles estão em silos, mal gerenciados e inacessíveis para quem precisa", observa o diretor geral da Teradata no Brasil, Fabio Oliveira.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site