Clicky

Home - Convergência Digital

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Convergência Digital - 03/07/2020

A alta do dólar e a falta de componentes, provocada pela redução nos embarques chineses com a pandemia de Covid-19, derrubou a venda de celulares no Brasil. Os números do primeiro trimestre indicam uma queda de 8,7%, sendo ainda mais aguda entre os modelos mais simples, os feature phones, que recuaram 22,4%. 

A depender do tipo de aparelho, houve aumento de até 266% nos preços, o que fez a venda de celulares ‘piratas’ disparar 135%, segundo apontam os números divulgados pela IDC Brasil. "Estávamos otimistas no início do ano. Fechamos janeiro com alta de 14%, mas com a proximidade da pandemia de Covid-19 as vendas começaram a cair", aponta a consultoria.

Entre janeiro e março foram vendidos oficialmente no Brasil 10,4 milhões de celulares, 8,7 % a menos do que no mesmo período do ano passado. Do total, 9,8 milhões foram smartphones, queda de 7,8%, e 544 mil foram feature phones, retração de 22,4% em relação ao primeiro trimestre de 2019. 

Como apontado no levantamento, a situação foi se agravando. Enquanto em fevereiro a queda nas vendas foi de apenas 4%, reflexo do desabastecimento do varejo, o recuou chegou a 27% em março, com o início da quarentena e fechamento do comércio. 

No mercado oficial, a receita com smartphones foi de R$ 14,5 bilhões e a de feature phones, R$ 96 milhões, respectivamente, 6,2% e 25,9% maior do que no mesmo período do ano passado. Desempenho diretamente associado ao aumento dos preços – a alta foi, em média, de 15,1%, por conta da desvalorização do real. 

Assim, o preço médio de um aparelho foi de R$1.473. Os mais vendidos, com 5,1 milhões de unidades, foram os intermediários premium, com preço entre R$ 1000 e R$ 1999, alta de 53%, e os da categoria premium, entre R$ 2000 e R$ 2999, com 1,2 milhões de unidades e 266,5% de aumento em relação a janeiro e março de 2019. Os feature phones ficaram 62,1% mais caros, custando em média R$ 177. 

No mesmo período foram vendidos no mercado cinza 1,1 milhão de smartphones, alta de 135% em relação ao primeiro trimestre de 2019 – ajudados pela queda de 10% nos preços dos ‘piratas’. Nem isso ajudou os feature phones, que apresentaram vendas de 30 mil unidades, 86% a menos do que o mesmo período de 2019, e mesmo com preço médio 31,5% mais baixo. 

No segundo trimestre de 2020, os efeitos da pandemia devem ser ainda mais sentidos no mercado de celulares, resultado do fechamento do comércio em abril e maio. A expectativa é de queda de 32%, mesmo com Dia das Mães no período. Para o mercado cinza, a previsão também é de queda por conta da alta do dólar e das ofertas do varejo oficial, após a flexibilização e abertura do comércio físico. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/05/2021
Portaria sobre FM no celular é gesto político sem efeito prático

29/04/2021
LG vai pagar R$ 37,5 milhões de indenização pela demissão de 700 funcionários

28/04/2021
LG e trabalhadores não se entendem em audiência de conciliação no TRT de SP

26/04/2021
Trabalhadores da LG retomam greve. Impasse da produção em São Paulo segue

26/04/2021
T-Mobile já demitiu 5 mil empregados desde a compra da Sprint

14/04/2021
De cada 10 brasileiros, oito têm celular pessoal

12/04/2021
Empregados rejeitam proposta da LG e começam greve em Taubaté

08/04/2021
Sem celulares, LG leva produção de PCs para Manaus e abandona São Paulo

06/04/2021
Trabalhadores terceirizados da LG entram em greve e aguardam ação do Governo

05/04/2021
LG diz que fábrica de Taubaté funcionará 'até o fim total dos insumos locais'

Destaques
Destaques

América Latina se divide sobre uso de ondas milimétricas

Debate com representantes do México, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Argentina e Brasil mostrou que bandas altas no 5G, como 26 GHz, está longe de unanimidade na região.  Colômbia, que prevê leilão 5G no final do ano, não planeja vender a faixa de 26GHz.

Brasil está fora dos países liberados pela Espanha para o Mobile World Congress

Programado para acontecer de 28 de junho a 01 de julho, o organizador, GSMA, fechou um acerto com as autoridades espanholas para isentar os participantes das restrições impostas às pessoas de fora da União Europeia.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G e a expansão da capacidade de inovação

Por Alex Takaoka*

Segurança da informação, interoperabilidade e infraestrutura ocuparão um papel importante na implantação da tecnologia 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site