Home - Convergência Digital

Alta de 26% nas vendas de smartphones puxam lucro da Huawei

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 16/10/2019

As receitas da Huawei subiram 24,4% no terceiro trimestre sobre o mesmo período de 2018, para US$ 86,1 bilhões, ou R$ 358 bilhões, impulsionadas por um aumento nas entregas de smartphones lançados antes que sua inclusão na lista de bloqueio comercial dos Estados Unidos prejudicasse os negócios. A margem de lucro líquido no período foi de 8,7%.

Segundo a fabricante, o envio de smartphones nos três primeiros trimestres de 2019 superaram a marca de 185 milhões de unidades, representando um aumento de 26% sobre o mesmo período no ano passado. A empresa aponta rápido crescimento en computadores pessoais, tablets, wearables e soluções de áudio inteligentes. 

Em que pese a pressão americana, a Huawei diz que “já assinou mais de 60 contratos comerciais de 5G com operadoras líderes globais e enviou mais de 400 mil unidades de antenas ativas 5G Massive MIMO para mercados globais. A produção e fornecimento das transmissões óticas da Huawei, comunicações de dados e produtos de TI cresceu consistentemente”. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/12/2019
TRT-PR nega ataque hacker e responsabiliza software de storage da Huawei

09/12/2019
Huawei avança uso do Harmony, o seu sistema operacional

02/12/2019
Huawei lança plataforma de nuvem no Brasil

25/11/2019
França diz não aos EUA e mantém Huawei no páreo para 5G

18/11/2019
EUA soltam mais uma licença de 90 dias para Huawei

30/10/2019
Huawei: cibersegurança e privacidade exigem transparência

16/10/2019
Alta de 26% nas vendas de smartphones puxam lucro da Huawei

14/10/2019
Alemanha ignora pressão dos EUA e mantém Huawei no páreo para 5G

27/09/2019
Carf mantém multa de R$ 1 bilhão à Huawei por importações irregulares

26/09/2019
Huawei diz que terá 5G sem componentes dos EUA

Destaques
Destaques

Redes privadas no 5G impulsionam o crescimento econômico do País

“Nas quatro verticais indicadas pelo governo as redes privadas podem ter impacto forte. Por isso a abertura regulatória é muito importante”, defende a gerente da Qualcomm, Milene Pereira. 

Teles não podem repetir 4G e serem engolidas pelas OTTs no 5G

“A gente não pode perder o bonde da aplicação, como aconteceu com Netflix, Spotify, Google, YouTube. Precisamos participar da cadeia de faturamento”, afirma o consultor de telecom da Claro, Carlos Alberto Camardella. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site