Home - Convergência Digital

Internet das Coisas: Quase 30% das empresas sofreram incidentes de segurança

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 15/04/2020

Quase dois terços (61%) das empresas pelo mundo implementaram aplicações corporativas de Internet das Coisas (IoT) em 2019. A tecnologia traz benefícios para as empresas, com economias, novas receitas e maior eficiência operacional, mas, um novo relatório da empresa de segurança Kaspersky aponta que pelo menos 28% das organizações sofreram incidentes de cibersegurança em suas redes IoT. 

O relatório da mostra que o uso de plataformas da IoT aumentou em quase todos os setores, sendo esse crescimento mais significativo nos segmentos de hospitalidade (de 53% em 2018 para 63% em 2019), serviços de saúde (de 56% para 66%) e financeiro (de 60% para 68%). Em 2019, os setores de TI & telecomunicações (71%) e financeiro (68%) adotaram a IoT mais do que todos os outros segmentos. 

Do total, 28% das empresas que usam plataformas de IoT afirmaram ter sofrido incidentes envolvendo dispositivos conectados no último ano. As consequências de tais incidentes podem ser graves, uma vez que sensores e dispositivos inteligentes coletam Terabytes de dados e algumas informações são sigilosas. Além disso, as plataformas de IoT podem estar conectadas a sistemas críticos, como controle de tráfego - ou transporte - ou abastecimento elétrico.

“Há sérios processos técnicos e de negócios que devem ser implementados. O maior desafio que o setor enfrenta é a resistência à mudança ou, para ser mais radical, à mudança mais eficiente. A IoT industrial representa grandes mudanças em todos os segmentos e é preciso adequar-se a isso", aponta o relatório. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/06/2020
Quatro em 10 brasileiros compartilham dados para obter benefícios e descontos

18/05/2020
Farmácias sofrem aumento de 60% em tentativas de fraude online

07/05/2020
Afetada por vazamentos de dados, Zoom compra empresa de criptografia

17/04/2020
Coronavírus: Phishings personalizados cresceram 667% com trabalho remoto

15/04/2020
Internet das Coisas: Quase 30% das empresas sofreram incidentes de segurança

13/04/2020
Telebras abre edital para contratar solução contra ataques à rede

09/04/2020
Coronavírus: Redes do Governo têm aumento de ameaças de phishing e fraudes

08/04/2020
Zoom sofre ação judicial por falha, mas recebe apoio do Governo dos EUA

30/03/2020
Covid-19 alerta organizações para falha na governança de riscos

27/03/2020
GSI: Anatel deve ajustar norma de cibersegurança aos casos específicos do 5G

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site