Home - Convergência Digital

Vivo abre vagas para trainees sem exigir inglês e com aulas para métodos agéis

Convergência Digital - 11/09/2020

A Vivo abre inscrições para o seu novo Programa de Trainee, com seleção 100% digital para profissionais formados nos últimos dois anos ou estudantes com formação prevista até dezembro de 2020. Do total de vagas, 30% serão destinadas ao público negro.

A proposta do programa é atrair candidatos com pluralidade de perfis. Dessa forma, a Vivo busca maior diversidade de gênero, raça, curso de formação e universidade. Fluência em idiomas não será necessária. A empresa ficará responsável por desenvolver essa habilidade, durante o ciclo do programa, nos candidatos que não a possuírem. Além das competências técnicas, a companhia busca características como empatia, coragem, criatividade, inovação, espírito de dono, colaboração, comprometimento e, principalmente, alinhamento com a cultura e com o propósito da empresa, de digitalizar para aproximar.

"Trabalhar na Vivo é estar sempre conectado com o impacto que temos na vida de milhões de brasileiros. Estamos em constante transformação, construindo um ambiente onde nossos colaboradores possam ser aquilo que desejam, expressar suas opiniões, apresentar ideias e trabalhar de forma colaborativa. O objetivo do programa será desenvolver jovens para atuar com foco nas áreas de negócios da Vivo e com cultura e transformação, fortalecendo clusters de marketing, comercial, produtos, estratégia, inovação, dados e inteligência artificial. Precisamos fortalecer nosso grupo de líderes dessas áreas, considerando os desafios futuros que temos", destaca Niva Ribeiro, VP de Pessoas da empresa.

Na Vivo, milhares de colaboradores estão vivendo diariamente uma nova maneira de trabalhar através de métodos ágeis. Por isso, nesta edição do Programa de Trainee, o processo seletivo abordará um Laboratório Scrum, onde os candidatos serão capacitados e aprenderão a trabalhar nesse formato e também com OKRs (objetivos e resultados-chave). Os participantes terão acesso a conteúdo e experimentarão dinâmicas para aprender os conceitos e a prática, que já são realidades na cultura da empresa.

Ao todo, serão 30 vagas para atuação em São Paulo. Com salário de R$6.800,00, os selecionados contarão com pacote de benefícios compatíveis com os de mercado, além de diferenciais como trabalho remoto, smartphone corporativo com plano de dados ilimitado, day off de aniversário e oportunidades de realizar ação voluntária. Também terão um MBA subsidiado pela Vivo na ESPM (em horário de trabalho) e os dez trainees mais bem avaliados durante o programa terão a oportunidade de experiência internacional com curso de curta duração na Universitas (Universidade Corporativa Telefônica) na Espanha, uma das mais reconhecidas do mundo.

O Programa de Trainee tem duração de 18 meses e os selecionados serão admitidos em fevereiro de 2021. Para se inscrever, os interessados devem acessar o site http://traineevivo.ciadetalentos.com.br/

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/10/2020
Itaú Unibanco abre mais de 2 mil vagas em TI

23/10/2020
Salários em alta na TI. Cientista de dados pode chegar a R$ 26 mil

22/10/2020
Startups aceleradas pela Wayra têm 89 vagas abertas

21/10/2020
Robôs vão eliminar 85 milhões de empregos em 26 países, Brasil entre eles

19/10/2020
Empresa voltada à transformação digital abre 130 vagas

08/10/2020
Empresa de software contrata profissionais de TI para trabalho no exterior

02/10/2020
Montreal, no Canadá, abre 200 vagas para brasileiros de TI, games e fintechs

28/09/2020
TIVIT abre vagas em segurança digital com a urgência da LGPD

25/09/2020
Banco Nacional de Empregos: Vagas em TI disparam 63% na pandemia

11/09/2020
Vivo abre vagas para trainees sem exigir inglês e com aulas para métodos agéis

Startup cria time de cientistas de dados para avançar nos negócios

Com sede nos EUA, a Fligoo atua nos segmentos de finanças, educação e saúde, e sabe da relevância de ter profissionais capacitados para lidar com os dados. "Prepare-se o tempo todo. Estude. Não espere a necessidade chegar", aconselha Leandro Ferrado.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Futuro sem aposentadoria – qual a saída?

Por luis Macedo*

O futuro financeiro nunca foi tão incerto. A aposentadoria "oficial", pelo INSS, fica cada vez mais distante para muitas pessoas, especialmente porque o mundo do trabalho mudou. Uma alternativa para uma parcela significativa da população que não tem carteira assinada são os fundos de previdência. O problema, no entanto, é a infinidade de fundos que existem.

Destaques
Destaques

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Teletrabalho: sem regulamentação, sem direitos, sem deveres, sem regras

Depois da nota técnica do MPT alertando para o direito à desconexão, Congresso tenta acelerar a votação dos PLs que tratam do tema, entre eles o PL 3915/20. O tema é complexo. IN 65, do governo federal, repassa os custos com tecnologia para os servidores no home office.

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site