Home - Convergência Digital

Carros conectados: Comissão Europeia impõe derrota ao 5G e elege o Wi-fi como tecnologia padrão

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 18/04/2019

A Comissão Europeia aprovou nesta quarta-feira, 17/04, o wi-fi como tecnologia padrão para conectar carros à internet da União Europeia e impôs uma derrota à indústria defensora do 5G. A explicação dada pela preferência dada ao wi-fi é que a conexão já está disponível, ao contrário do 5G, e que ajudaria a aumentar a segurança rodoviária. O wi-fi serviria principalmente para conectar um carro com outro.

O 5G conecta-se tanto a carros quanto a dispositivos no ambiente ao redor, com uma ampla gama de aplicações em áreas como entretenimento, dados de tráfego e navegação geral. O embate Wi-fi x 5G divide as montadoras e empresas de tecnologia: a Volkswagen apoia a opção feita pelo Wi-Fi, juntamente com Renault, Toyota, NXP, Autotalks e Kapsch TrafficCom. Já o 5G é defendido por BMW, Daimler (dona da Mercedes-Benz), Ford, PSA Peugeot Citroen, Ericsson, Huawei, Intel, Qualcomm e Samsung.

O mercado está atento a um serviço que pode gerar bilhões de euros em receitas para montadoras, operadoras de telecomunicações e fabricantes de equipamentos. A decisão ficará a cargo do Conselho Europeu, que ainda não tem data para discutir o assunto. Críticos da decisão da Comissão Europeia dizem que a exigência de que as novas tecnologias sejam modificadas para serem compatíveis com a mais antiga é irrealista e colocaria um freio à inovação.

A indústria de telecomunicações, que está colocando suas esperanças em aplicações 5G para recuperar seus investimentos, foi igualmente crítica. "A Europa não pode exigir apenas uma tecnologia para a condução conectada. Os Estados membros agora podem corrigir isso trazendo 4G e 5G de volta à cena: competitividade global e segurança estão em jogo", disse Lise Fuhr, diretora geral do grupo de lobbying de telecomunicações ETNO.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/06/2019
Ericsson: adoção do 5G será ainda mais rápida do que foi a do 4G

10/06/2019
Tratores autonômos são a realidade do agronegócio com o 5G

07/06/2019
GSMA: Sem os chineses, custo do 5G na Europa vai crescer US$ 62 bilhões

06/06/2019
Bloqueada nos EUA, Huawei anuncia acordo com a Rússia para 5G

06/06/2019
5G será o último 'G', decreta Vodafone

03/06/2019
5G é trunfo da Amazon na sua disputa com a Microsoft

28/05/2019
Números da Coreia do Sul mostram que consumo de dados triplica com 5G

24/05/2019
Qualcomm: Banda milimétrica exigirá que cada operadora tenha de 400 Mhz a 800 Mhz

24/05/2019
Leilão 5G na Alemanha já supera 6 bilhões de euros

24/05/2019
Huawei: Brasil não está atrasado para o 5G

Destaques
Destaques

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

5G exige muito espectro para entregar tudo que se espera da tecnologia

Anatel, indústria e teles sustentam que a nova onda tecnológica só vai atender as demandas esperadas se tiver frequência suficiente para melhorar os serviços.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site