INOVAÇÃO

Cisco anuncia novos equipamentos WiFi com promessa de 5G

Convergência Digital* ... 30/04/2019 ... Convergência Digital

A Cisco, que detém  o mercado de sistemas WiFi corporativos no mundo, anunciou o lançamento de um equipamento para a próxima geração de redes sem fio, atualizando uma parte essencial de seus negócios de US$ 28,2 bilhões e mirando eleva receita da área de software.

São novos equipamentos de pontos de acesso e switches para empresas compatíveis com WiFi 6, um novo padrão que deverá ser lançado em 2022. Telefones, laptops e outros dispositivos se conectarão aos pontos de acesso da Cisco em campus corporativos e transportarão o tráfego para os switches, que se conectam a uma rede com fio de determinada empresa.

A Cisco, que controla cerca de 45% do mercado equipamentos para redes locais sem fio, segundo a IDC, está lançando os equipamentos muito antes da maioria dos telefones e laptops terem um chip compatível com o novo padrão. O novo padrão é projetado para evitar o ‘entupimento’ que pode ser causado com a conexão de múltiplos dispositivos a uma rede sem fio, como televisores, câmeras de segurança, alto-falantes inteligentes e sensores.

Um novo aspecto das redes que os consumidores vão notar é o estreitamento de laços com as redes sem fio 5G, que chegarão mais ou menos na mesma época que o WiFi 6. Quando as duas novas tecnologias estão em funcionamento, por exemplo, o telefone de um hóspede do hotel pode passar de 5G para a rede WiFi após fazer check-in, sem ter que digitar um nome ou senha.

Muitos desses novos recursos surgirão devido ao maior uso de software para controlar o tráfego nas redes sem fio. Para capitalizar isso, a Cisco está aposentando seu switch para redes corporativas mais vendido e lançando um novo que será capaz de executar mais softwares, que a Cisco venderá junto com o equipamento.

* Com informações da Reuters


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Adarsh Kumar, Capgemini: open banking é transformador, mas dados pertencem aos clientes

O open banking vai mudar o modelo de serviços bancários, afirma o CTO e líder de cibersegurança para a América Latina da Capgemini.

Bradesco: Next não vai 'matar' o banco tradicional

O diretor-presidente do Bradesco, Octavio de Lazari Junior, garante que os dois modelos de negócio irão conviver, mas admite que as agências físicas vão mudar de perfil. Também revela que o Next mira um público mais jovem.

Brasileiro quer dar adeus às senhas com o uso maior da biometria

Sonho de consumo, revelado em estudo da IDEMIA, é de usar biometria para pagamentos online e para acessar ambientes dentro da própria casa. Brasil desponta em primeiro lugar no uso da biometria pela impressão digital, mas despenca posiçoes no uso do reconhecimento facial.

Com novo aporte de US$ 150 milhões, Loggi é o mais novo unicórnio brasileiro

Startup voltada para entregas expressas atingiu valor de US$ 1 bilhão com nova rodada de investimentos. Empresa afirma que vai montar uma equipe com mais de 1000 desenvolvedores para ser referência mundial em Inovação.

Vivo reduz em 36% suas emissões de CO2

Desde outubro de 2018, 100% do consumo de energia da Vivo passou a ser proveniente de fontes renováveis, a partir da contratação de energia incentivada com atributo renovável no mercado livre.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G