INTERNET

Google: deslocamentos no Brasil despencaram 71% com isolamento

Convergência Digital ... 03/04/2020 ... Convergência Digital

O Google publicou gráficos mostrando como o coronavírus paralisou atividades em diferentes países pelo mundo, em um conjunto de relatórios que cobre 131 nações e comparam a movimentação registrada de 16 de fevereiro a 29 de março em lojas, estações de trem e ônibus, supermercados e escritórios com um período de cinco semanas no início deste ano. 

No caso do Brasil, a análise mostra que a ida a lojas e atividades recreativas caiu 71%, a parques 70%, o uso de transporte público caiu 62%, enquanto em mercados e farmácias a queda foi de 35%. A redução de deslocamentos para o trabalho foi de 34%. Os dados do Brasil e dos demais países podem ser acessados a partir deste link.

A análise dos dados foi feita por geolocalização de bilhões de smartphones dos usuários do Google é o maior conjunto de dados público disponível para ajudar autoridades de saúde a avaliar se as pessoas estão cumprindo as orientações de isolamento e distanciamento social em todo o mundo para conter o vírus.

O Google informou que publicou os relatórios para evitar qualquer confusão sobre os dados que fornece a autoridades, dado o debate global que surgiu sobre o equilíbrio entre proteção À privacidade e a necessidade de evitar a disseminação do vírus.

Os dados frequentemente se correlacionam com a gravidade dos surtos e a intensidade e amplitude das restrições impostas pelos governos.

Itália e Espanha, dois dos países mais atingidos, viram a movimentação em lojas e locais de recreação, como restaurantes e cinemas, caindo 94%. Reino Unido, França e Filipinas tiveram quedas de mais de 80%, enquanto a Índia, que entrou em uma paralisação repentina de 21 dias em 25 de março, também foi notável a queda no fluxo das pessoas, em 77%.

Nos Estados Unidos, onde as respostas de governos variaram bastante, e na Austrália, onde o bom clima inicialmente levou muitas pessoas a irem à praia antes que as medidas de distanciamento social fossem aumentadas, as quedas foram menos acentuadas, de menos de 50%.

Por outro lado, no Japão e na Suécia, onde as autoridades não impuseram restrições severas, a movimentação caiu cerca de 25%. Enquanto na Coreia do Sul, que conseguiu conter a epidemia através da realização maciça de testes e rastreamento de contatos, o declínio foi de apenas 19%.

Os dados nos relatórios são de celulares Android com recurso “Histórico de localização” ativado. A empresa disse que adotou medidas técnicas para garantir que nenhum indivíduo pudesse ser identificado através dos levantamentos.

“Esses relatórios foram desenvolvidos para ajudar a cumprir nossos rigorosos protocolos e políticas de privacidade”, escreveram Karen DeSalvo, vice-presidente de saúde do Google Health e Jen Fitzpatrick, vice-presidente sênior do Google Geo, em comunicado.

O Google também disse que não está relatando dados demográficos, mas está aberto a incluir informações e países adicionais nos relatórios de acompanhamento. A empresa se recusou a comentar se recebeu alguma solicitação legal para compartilhar dados mais detalhados para ajudar nos esforços de combate da pandemia.

* Com informações da Reuters


Revista Abranet 30 . fev-mar-abr 2020
Veja a Revista Abranet nº 30 A matéria de capa enfatiza a relevância do engajamento ao mostrar que uma internet mais segura depende da ação conjunta de todos os atores do ecossistema. Tratamos também do leilão das frequências do 5G. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Sem nova lei, Justiça condena deputado a indenizar em R$ 50 mil por fake news

Por vídeo com acusações falsas a ex-presidente do PT em Ubatuba (SP), de 2018, Alexandre Frota (PSDB-SP) terá também que se retratar em suas redes sociais. 

Mastercard calcula alta de 75% nas vendas pela internet em maio

Média desde março é de crescimento de 48% – mais que o triplo do trimestre anterior, quando foi 14%. 

CGI.br renova quadro de conselheiros pelos próximos três anos

Processo eleitoral seleciona os 11 representantes das empresas, terceiro setor e academia. Outras 9 vagas são do governo e uma de notório saber. 

MP estuda como combater fake news em redes sociais durante campanhas

No Rio de Janeiro, 200 promotores eleitorais realizaram workshop para atuação judicial e extrajudicial contra desinformação na internet. 

Silvio Meira: Fake News não vai acabar tão cedo no Brasil e no mundo

Ao participar do Convergência Digital em Pauta, o cientista, professor e empreendedor, Silvio Meira, foi taxativo:  a fake news combina ilusão com analfabetismo digital e só vai desaparecer quando o mundo for propriedade dos 100% digitais.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G