Home - Convergência Digital

Assespro e Faculdade CERS criam curso de formação para DPO

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 30/10/2019

Com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados, a partir de agosto de 2020, o mercado se ressente de bons profissionais para ocupar as novas vagas que vão surgir. Uma delas é do  Data Protection Office (DPO), profissional que será o responsável pelas ações de conformidade com a lei, além de ser o canal de comunicação entre a empresa, os titulares das informações e as autoridades. Para reduzir esse gargalo e evitar um apagão de mão de obra no setor, a Federação Assespro firmou parceria com a Faculdade CERS e lançou o curso Data Protection Officer (DPO).

"Esse é o primeiro curso para certificação de uma nova profissão, que vai ajudar na dimunuição desse gap", diz Italo Nogueira, presidente da Federação Assespro. Com mais de 20 horas de aula, o curso será na modalidade ead (ensino a distância) e terá, entre outros temas "o papel do DPO", "Responsabilidade civil e deveres dos agentes", "Princípios e bases legais para o tratamento de dados, criptografia e sua aplicação", "Tipos de controles de segurança e tecnologias", "Técnicas de processamento de dados garantindo os direitos fundamentais de privacidade e consentimento dos usuários".

As aulas serão gravadas e disponibilizadas no site no prazo de 48 horas da sua gravação. O aluno poderá assistir a cada aula até três vezes. Para o recebimento do certificado, o aluno deverá assistir pelo menos 75% da carga horária do curso e realizar todas as avaliações apresentadas ao final de cada tema. Os interessados devem se inscrever através do site https://cursos.assespro.org.br/produto/detalhes/50/curso-dpo-data-protection-officer-lgpd

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

28/11/2019
P&B Compliance oferta curso de adequações à LGPD

19/11/2019
LGPD está fora das preocupações das empresas no Brasil

11/11/2019
LGPD: a ficha ainda não caiu nas empresas

05/11/2019
Dados pessoais: Tribunal do DF dá ganho de causa à Vivo contra o Ministério Público

01/11/2019
Embratel: sete entre 10 clientes questionam se a LGPD vai 'pegar'

30/10/2019
Assespro e Faculdade CERS criam curso de formação para DPO

25/10/2019
Os dados, o cidadão digital e a LGPD no Brasil

25/10/2019
TI Rio promove curso sobre impacto, riscos e oportunidades com a LGPD

17/10/2019
Autoridade de Dados é multissetorial, afirma Danilo Doneda

10/10/2019
Dados pessoais: Menos de 30% das empresas europeias estão adequadas à GDPR

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Negócios na nuvem vão gerar 491 mil empregos diretos no Brasil até 2024

A batizada, 'economia Salesforce', formada pelo ecossistema de parceiros e clientes da companhia, vai gerar nos próximos seis anos, 780 mil empregos indiretos e uma receita de R$ 247 bilhões em novos negócios. Transformação digital será responsável por 50% dos gastos com software e computação em nuvem.

Cientista de Dados, desenvolvedor, CTO e analista de segurança da Informação são os mais procurados em TI

Essa é a constatação do Guia Salarial 2020, produzido pela consultoria Robert Half, com atenção às pequenas, médias e grandes empresas. Cientista de Dados pode ter salário inicial em torno de R$ 13 mil nas pequenas empresas e de R$ 26 mil nas grandes corporações.

Informação sigilosa pelo WhatsApp caracteriza justa causa para demissão

Mesmo com estabilidade provisória como cipeiros, Tribunal Superior do Trabalho deu validade à dispensa de três empregados que divulgaram nomes de futuros demitidos pelo app de mensagens. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site