Home - Convergência Digital

Google fecha com Claro, Vivo e Oi para dar nova cara ao SMS e enfrentar o WhatsApp

Ana Paula Lobo* - 07/12/2017

A Google se aliou às operadoras de telecomunicações e anunciou nesta quinta-feira, 07/12, que fechou uma aliança para ofertar o RCS (Rich Communications Services) em parceria com América Móvil (Claro), Telefônica e Oi no Brasil, sendo que pelo menos uma dessas terá o serviço disponível já no primeiro trimestre de 2018.

O RCS repagina a experiência do usuário com o SMS, serviço de mensagem de texto, engolido pelo WhatsApp, do Facebook. Segundo a Google, o RCS está em uso na Europa, América do Norte e Ásia. E, agora, chega à América Latina por meio de aliança com a América Móvil (no Brasil, Claro), Telefônica (Vivo, no Brasil), AT&T no México e Oi, cujos clientes representam mais de 2/3 de todos os assinantes móveis da América Latina.

Com as mensagens RCS, os clientes dessas operadoras terão acesso a todos os recursos de uma experiência de mensageria moderna, como a capacidade de criar bate-papos em grupo, ver quando alguém está digitando uma resposta, ler recibos, compartilhar fotos e vídeos de alta resolução e muito mais. Esses recursos estarão disponíveis diretamente da experiência padrão de mensagens das operadoras através do aplicativo Mensagens Android.

O serviço será operado pela nuvem Jibe RCS do Google e será totalmente interoperável entre as redes através do Jibe RCS Hub. Além de conectar assinantes nas redes da América Móvil, AT&T no México, Oi e Telefónica, também estamos conectando assinantes com outras redes na nuvem do Jibe RCS Hub, como Sprint e Rogers. Assim, um assinante da Claro em São Paulo, por exemplo, pode enviar uma mensagem RCS para um assinante da Sprint nos EUA.

As pessoas que já possuem o aplicativo Android Mensagens no telefone terão acesso automático aos serviços do RCS através de uma atualização do app. Com cada atualização do app, os assinantes terão acesso aos recursos mais recentes do RCS. Os assinantes que não possuem o aplicativo podem instalar pelo Google Play.

Muitos dispositivos Android também já virão com o Android Mensagens pré-instalado como o aplicativo de mensagens padrão. Um dos pontos a serem esclarecidos pelas partes é qual será o modelo de negócios para a repartição da receita. Até o momento, não há informações sobre a remuneração financeira para as partes.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/09/2020
Governo dos EUA prepara ação antitruste contra Google

26/08/2020
STJ rejeita mandados de segurança do Google contra Justiça do Rio de Janeiro

19/08/2020
Google, Claro, Oi, TIM e Vivo se unem, mais uma vez, contra WhatsApp

17/07/2020
Alpargatas adota rede social corporativa do Google e G Suite

16/07/2020
Em ação global, Idec pede ao CADE que investigue compra da Fitbit pela Google

14/07/2020
Justiça ordena Google a reativar sites da prefeitura de Poços de Caldas

10/06/2020
STJ transfere para agosto decisão de quebra de sigilo do Google Brasil

27/05/2020
Google abre temporada de cursos gratuitos sobre nuvem

11/05/2020
MPF pede ao Google para tirar do ar vídeo de pastor vendendo feijão como cura da Covid-19

05/05/2020
Justiça diz que Google não é obrigada a avisar que vídeo da Porta dos Fundos pode ofender religiosos

Destaques
Destaques

Claro: Sem antenas, São Paulo fica fora do 5G

CEO da Claro, Paulo Cesar Teixeira, criticou a miopia de executivos que ainda insistem em colocar restrições à implantação de antenas, como acontece na cidade de São Paulo. "5G é a grande plataforma para permitir um salto econômico mais vigoroso", advertiu.

Covid-19 não é desculpa e Brasil perde dinheiro e status ao atrasar o 5G

O mundo não vai esperar o Brasil resolver seus problemas e o 5G está acontecendo, advertiu o consultor sênior da Omdia, Ari Lopes. Governo terá de decidir se busca investimentos de longo prazo ou de curto prazo. Omdia prevê um impacto de US$ 1,1 trilhão no Brasil de 2021 a 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Internet 5G traz disrupção para Telecomunicações até no modelo de negócio

Por Eduardo Grizendi*

Na RNP, estabelecemos um objetivo estratégico ambicioso – o de prover uma ciberinfraestrutura, segura, de alto desempenho e disponibilidade e, ao mesmo tempo, ubíqua, onipresente, em qualquer lugar e a qualquer hora, para nossas comunidades de educação, pesquisa e inovação.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site