Convergência Digital - Home

RNP, com Google, Huawei e Microsoft, oferece nuvem de graça para pesquisa de combate à Covid-19

Convergência Digital
Da redação - 05/06/2020

Para ajudar a comunidade acadêmica e de pesquisa em projetos de enfrentamento à Covid-19, a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) está oferecendo créditos especiais em recursos computacionais em nuvem. O objetivo é auxiliar instituições que tenham ações de pesquisa ou de combate direto à doença e precisam de infraestrutura em nuvem robusta e confiável para ampliar a capacidade do seu serviço.

O benefício, oferecido por meio de empresas parceiras Google, Huawei e Microsoft por meio do Compute@RNP, serviço de computação em nuvem da RNP para a comunidade acadêmica e de pesquisa do Brasil estará disponível gratuitamente até o final de julho para organizações que têm algum vínculo com a RNP e que tenham infraestrutura tecnológica compatível com o serviço Compute@RNP.

“Poder computacional é uma das grandes dores de quem tem uma aplicação e precisa de um ambiente seguro, com a capacidade adequada e disponibilidade 24/7. Esta talvez seja a ação mais importante de nossos clientes na ajuda da sua comunidade e da sociedade”, declara o diretor-adjunto de Gestão de Serviços, Luiz Coelho.

Para solicitar apoio computacional do serviço Compute@RNP, entre em contato com o Service Desk pelo e-mail atendimento@rnp.br ou pelo telefone/WhatsApp 0800 722 0216.

Compute@RNP é o serviço de computação em nuvem da RNP para a comunidade acadêmica e de pesquisa do Brasil. O serviço oferece infraestrutura em nuvem híbrida, para que você tenha as suas próprias máquinas virtuais, redes e armazenamento em nuvem com disponibilidade 24/7 e segurança.

Isto significa que você pode migrar a sua aplicação para a nuvem, construir o seu próprio servidor com a capacidade necessária, sempre conectado à Internet, sem se preocupar com falhas de equipamento, conectividade e espaço de armazenamento.


ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

Destaques
Destaques

Empresas ambicionam mais Inteligência Artificial, mas sofrem com falta de talento

Um apesquisa global da Bain mostra que três em cada empresas, instigadas pela covid-19 e a aceleração da digitalização, se preparam para investir mais em inteligência artificial e machine learning. Mas assumem que as dificuldades não são poucas.

Eneva investe R$ 3 milhões para unir gás à energia com a IA ALINE

Software, que utiliza algoritmos de machine learning, foi desenvolvido em parceria com o Instituto Tecgraf da PUC/Rio e está sendo testado no Maranhão. Próxima etapa é um projeto de pesquisa com foco na integração da produção do gás onshore com a geração de energia, o que significa usar IA em um projeto 100% conectado.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O que é o balanceamento de carga de alta disponibilidade?

Por Ivan Marzariolli *

A alta disponibilidade começa com a identificação e eliminação de pontos únicos de falha em sua infraestrutura que podem desencadear uma interrupção do serviço - por exemplo, implantando componentes redundantes para fornecer tolerância a falhas no caso de um dos dispositivos estiver com problemas.

Dados em tempo real fazem toda a diferença no e-commerce

Por Leandro Rodriguez*

O tempo se tornou o fator crítico no relacionamento entre vendedor e comprador. Levar informações em tempo real a uma filial local ou a gerentes de loja pode ser determinante para a aquisição de clientes e, consequentemente, aumentar as vendas.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site