Home - Convergência Digital

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 11/03/2019

Se o leilão da frequência 5G acontecer, de fato, em março de 2020, como prometeu a Anatel, as operadoras que tenham equipamento da Ericsson estarão prontas para ofertar o serviço o quanto antes, afirma o presidente da Ericsson América do Sul, Eduardo Ricotta.

"Desde março de 2017, os equipamentos usados são 5G ready. Isso significa que o 5G vai exigir uma atualização de software. Se acontecer o leilão em março, até o final do nao, haverá serviços comerciais disponíveis", sinalizou o executivo, em entrevista ao Convergência Digital, durante o Mobile World Congress, realizado de 25 a 28 de fevereiro, em Barcelona.

Ricotta diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz de espectro estará apta a fornecer o 5G, pelo menos, em uma primeira etapa. Além de levar conexão para áreas não atendidas, o 5G também vai viabilizar a melhoria da capacidade nos grandes centros.

Mas para Ricotta, o grande diferencial do 5G está em fazer, de fato, acontecer a indústria 4.0, associada à Internet das Coisas. "A digitalização será uma realidade em muito pouco tempo. Tudo vai mudar", salienta o executivo. Assistam a entrevista com o presidente da Ericsson América do Sul, Eduardo Ricotta.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/05/2020
Ericsson: Compartilhamento de espectro permite 5G às teles antes do leilão

30/04/2020
Economia de R$ 38 bilhões em serviços vai atrair estados e municípios para a transformação digital

30/04/2020
Governo mantém ‘cloud first’ e prepara nova licitação para reduzir datacenters

30/04/2020
Cruzamento de dados começa com estatais de TI, mas haverá espaço para o setor privado

27/03/2020
Laura, a IA nacional que já salvou 12 mil vidas, entra no combate ao Coronavírus

27/03/2020
Claro, Oi, TIM e Vivo se unem e lançam campanha #FiqueBemFiqueEmCasa

16/03/2020
Internet no Brasil está longe de ser um ambiente saudável

13/03/2020
GSI: Educar o cidadão é o pilar da estratégia de segurança cibernética

13/03/2020
Brasileiro perdeu a mão e precisa reencontrar o rumo na Internet

09/03/2020
Software e serviços de TI contrataram 30 mil novos profissionais em 2019

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site