Home - Convergência Digital

TIM fecha parceria com o C6 Bank para ofertar serviços financeiros

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 26/03/2020

A TIM e o C6 Bank anunciam nesta quinta-feira, 26/3, uma parceria estratégica que prevê a oferta conjunta de serviços financeiros e de telecomunicações. A iniciativa marca a entrada da operadora no segmento financeiro no Brasil. A oferta integrada será lançada ainda este ano para um público potencial de cerca de 55 milhões de usuários da TIM, além de novos clientes. Essa é uma tentativa das teles de investirem no mercado financeiro, a primeira- onde até se tentou parceria com os bancos- não trouxe os resultados esperados.

"A TIM inova e fecha uma parceria com um dos maiores bancos digitais do país, com o objetivo de oferecer o máximo de benefícios para sua base de clientes, contemplando também os consumidores não-bancarizados, que hoje fazem parte de um grupo de cerca de 45 milhões de brasileiros", explica Renato Ciuchini, Head de Estratégia e Transformação da TIM.

O C6 Bank atingiu a marca de 1,5 milhão de contas abertas em fevereiro de 2020 - a instituição financeira foi lançada em agosto de 2019. O banco, que funciona sem agências físicas, já oferece ampla variedade de produtos. Além da oferta básica, que inclui conta corrente sem taxa de manutenção, pagamentos, cartão múltiplo, TEDs e saques ilimitados, o banco oferece tag de pedágio gratuita (C6 Taggy), conta internacional em dólar, transferência por SMS (C6 Kick), CDBs, fundos e crédito pessoal.

"O negócio representa a junção de dois segmentos, o de serviços financeiros e de telecomunicações, com grande sinergia. A partir da evolução do comportamento dos usuários, será possível ampliar a oferta de serviços customizados", diz Tiago Galli, Chefe da Área de Parcerias de Telecom no C6 Bank. O acordo também envolve potencial participação minoritária da TIM no capital do C6 Bank, a depender da evolução dos resultados da parceria. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/06/2020
CADE nega recurso da Claro e aprova compartilhamento entre TIM e Telefônica

28/05/2020
TIM se conecta ao POP internacional da Sparkle em Salvador

27/05/2020
90% dos acessos a bancos online são pelo celular

22/05/2020
Banco Central: os cartões de crédito e débito vão morrer no pós-Covid-19

19/05/2020
TIM permite o uso do auxílio emergencial para pagamento de faturas e recarga

06/05/2020
TIM negocia mais de 20 parcerias para expandir rede de fibra ótica

06/05/2020
TIM e Vivo já acessam dados sobre a Oi Móvel

06/05/2020
Pré-pago na TIM tem uma queda de R$ 50 milhões por conta da Covid-19

05/05/2020
Covid-19: TIM conecta dois Hospitais Municipais de Campanha na capital paulista

30/04/2020
Anatel aprova acordo de rede única entre Vivo e TIM

Destaques
Destaques

Leilão 5G: TIM e Claro defendem adiamento. Vivo adverte para momento incerto

TIM e Claro se posicionam claramente contra a realização do leilão ainda em 2020. A Vivo se mostra mais cautelosa, mas admite que está tudo muito nebuloso por conta da economia e da pandemia de Covid-19. Todas asseguram que o momento ainda é de muito investimento no 4G e no 4,5G.

Operadoras pedem que edital do 5G traga compromissos na nova tecnologia

Mas Anatel lembra que reduzir preço das frequências para exigir investimentos que o mercado já faria naturalmente não faz sentido na licitação. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Para além da guerra da saúde pública, não adiem o leilão do 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

O setor de telecomunicações tem suportado a sobrecarga derivada da pandemia de Covid-19. Mas, reforcem essas redes com tecnologia mais avançada para prover serviços de baixa latência. Dessa forma, não se postergue o leilão das redes ditas de quinta geração (5G) e atenção à segurança cibernética.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site