Home - Convergência Digital

Internet das Coisas: Quase 30% das empresas sofreram incidentes de segurança

Convergência Digital - 15/04/2020

Quase dois terços (61%) das empresas pelo mundo implementaram aplicações corporativas de Internet das Coisas (IoT) em 2019. A tecnologia traz benefícios para as empresas, com economias, novas receitas e maior eficiência operacional, mas, um novo relatório da empresa de segurança Kaspersky aponta que pelo menos 28% das organizações sofreram incidentes de cibersegurança em suas redes IoT. 

O relatório da mostra que o uso de plataformas da IoT aumentou em quase todos os setores, sendo esse crescimento mais significativo nos segmentos de hospitalidade (de 53% em 2018 para 63% em 2019), serviços de saúde (de 56% para 66%) e financeiro (de 60% para 68%). Em 2019, os setores de TI & telecomunicações (71%) e financeiro (68%) adotaram a IoT mais do que todos os outros segmentos. 

Do total, 28% das empresas que usam plataformas de IoT afirmaram ter sofrido incidentes envolvendo dispositivos conectados no último ano. As consequências de tais incidentes podem ser graves, uma vez que sensores e dispositivos inteligentes coletam Terabytes de dados e algumas informações são sigilosas. Além disso, as plataformas de IoT podem estar conectadas a sistemas críticos, como controle de tráfego - ou transporte - ou abastecimento elétrico.

“Há sérios processos técnicos e de negócios que devem ser implementados. O maior desafio que o setor enfrenta é a resistência à mudança ou, para ser mais radical, à mudança mais eficiente. A IoT industrial representa grandes mudanças em todos os segmentos e é preciso adequar-se a isso", aponta o relatório. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

01/07/2020
ConectarAgro quer 13 milhões de hectares na área rural com conexão 4G até o fim de 2021

29/06/2020
Ataques aumentam, mas gastos com cibersegurança caem por conta da Covid-19

29/06/2020
Senador pede regime de urgência para IoT para acelerar geração de emprego e renda

26/06/2020
Agora Telecom investe R$ 5,3 milhões e compra FIT Network por videomonitoramento

23/06/2020
Indicator Capital vai gerir fundo de IoT do BNDES e Qualcomm Ventures

16/06/2020
Startup pernambucana capta R$ 3,5 milhões e investe para expandir IoT na saúde

12/06/2020
Bayer dá acesso gratuito a ferramenta de coleta de dados para agricultura digital

11/06/2020
Microsoft faz megacorreção de vulnerabilidades de segurança

10/06/2020
Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

09/06/2020
Ataque hacker para produção da Honda no Brasil

Destaques
Destaques

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Regulamentação de IoT passa por tratar a coleta e a proteção dos dados

De acordo com a KPMG, será preciso ainda cuidar da avaliação de riscos, governança, gestão da configuração e gestão da cadeia de suprimentos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site