Home - Convergência Digital

Coronavírus atrasa entrega de telefones 5G e impacta venda global de celulares

Convergência Digital* - 27/05/2020

As vendas totais de celulares vão cair 14,6% em 2020, enquanto as remessas de Smartphones sofrerão uma queda menor de 13,7% ano a ano, totalizando 1,3 bilhão de unidades este ano, projeta estudo do Gartner. "Com os usuários aumentando o uso de seus celulares para se comunicar (com amigos, colegas de trabalho e familiares durante os bloqueios), a renda disponível reduzida resultará em menos consumidores atualizando seus telefones.Como resultado, a vida útil do telefone se estenderá para 2,7 anos em 2020", afirma Ranjit Atwal, Diretor Sênior de Pesquisa da consultoria, destacando que em 2018 a vida útil era de 2,5 anos.

A indústria móvel tinha a previsão que, em 2020, os telefones 5G mais acessíveis fossem o principal catalizador para aumentar a substituição de celulares mais antigos, mas, a pandemia de covid-19 não permitiu. Para o Gartner, os telefones 5G vão representar apenas 11% do total de vendas de celulares em 2020.

"O atraso na entrega de alguns dos principais telefones 5G é um problema contínuo", diz Annette Zimmermann, Vice-Presidente de Pesquisa do Gartner. "Além disso, a falta de cobertura geográfica do 5G, juntamente com o aumento do custo do contrato de telefone com esta tecnologia, afetará a escolha de um telefone com suporte à essa tendência", adiciona.

Para a consultoria, no geral, os gastos com telefones 5G serão impactados na maioria das regiões, exceto a China, onde é esperado um investimento contínuo em infraestrutura de quinta geração, permitindo que os fornecedores comercializem efetivamente novos telefones preparados para essa tecnologia.

 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

14/07/2020
Reino Unido politiza 5G; tem custo de até R$ 10 bilhões e deflagra embate global

14/07/2020
Reino Unido se alia aos EUA e bane a Huawei do 5G

13/07/2020
Reino Unido define futuro da Huawei no 5G

08/07/2020
5G da Claro será na faixa de 2,6 GHz

08/07/2020
Faria: 5G depende de posição do presidente Jair Bolsonaro

07/07/2020
Nokia usa RAN aberto para provocar Ericsson no 5G

02/07/2020
Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

02/07/2020
Claro traz 5G com compartilhamento de frequência para o Brasil

30/06/2020
Vivo e TIM avançam com OpenRAN para 'quebrar' concentração dos fornecedores

30/06/2020
Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site