NEGÓCIOS

Covid-19 acelera o fim do uso dos desktops nas corporações

Convergência Digital* ... 27/05/2020 ... Convergência Digital

As vendas globais de PCs, Tablets e Celulares deverão registrar queda de 13,6% em 2020, totalizando 1,9 bilhão de unidades, de acordo com o Gartner. Mas a tendência de manutenção do trabalho remoto pós-pandemia incrementará uma renovação do parque pelas empresas. No caso dos equipamentos, os desktops de mesa, os PCs deverão cair 10,5%. Já a venda de notebooks, tablets e chromebooks deverá ser menor.

"O declínio previsto no mercado de PCs em particular poderia ter sido muito pior", diz Ranjit Atwal, Diretor Sênior de Pesquisa do Gartner. "Apesar dos problemas, os bloqueios dos governos devido ao COVID-19 acabaram forçando empresas e escolas a permitirem que milhões de pessoas trabalhassem em casa, e isso permitiu o aumento de gastos em novos Notebooks, Chromebooks e tablets para atender a demanda desses trabalhadores e estudantes. Além disso, as operações de educação e de governo também aumentaram seus gastos com esses dispositivos para facilitar o e-learning."

A covid-19 deixará marcas palpáveis nas corporações e uma delas é a manutenção do trabalho remoto. O Gartner estima que 48% dos funcionários trabalharão remotamente pelo menos parte de seus expedientes após a pandemia, contra aproximadamente 30% antes da crise trazida pelo Covid-19. No geral, a tendência do trabalho em casa fará com que mais departamentos de TI mudem sua estrutura para notebooks, tablets e dispositivos Chrome no trabalho. "Essa tendência, combinada à necessidade de se criar planos flexíveis de continuidade de negócios, fará com que os notebooks comerciais substituam os Desktops até 2021 ou 2022", completa o diretor Sênior do Gartner, Ranjit Atwal.

 


ARTIGO . Por Melissa Torgbi

Cientista de dados: seja curioso, se envolva e tenha muita disposição para resolver problemas

Há muita empolgação acerca do termo “ciência de dados” atualmente. Para nós que queremos ser cientistas de dados, há alguns requisitos. Um deles: ter muita, mas muita vontade de aprender o tempo todo.

LGPD: Adequação passa pela governança e por mitigar os riscos digitais

Every Cybersecurity and GRC e RSA desenvolveram uma estratégia integrada para estimular a inovação e gerenciar os riscos aos negócios. Demanda por projetos aumentou na pandemia e mais de 30 já foram realizados.

Unicórnio brasileiro avança operações de pagamento para décimo país

Ebanx anunciou que também vai processar pagamentos no Uruguai. "Unicórnio" com mais de US$ 1 bi, empresa está também no México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Equador e Uruguai, além do Brasil.

Finplace amplia em mais de 200% a oferta de crédito para PMEs

Criada no final do ano passado, a plataforma já movimentou mais de R$ 50 milhões e contabiliza 108 financiadores e uma carteira com mais de 500 clientes.

Se a bitcoin fracassar, o blockchain morre abraçado

FastBlock, empresa brasileira especializada em mineração por serviço, compra data center nos EUA para acelerar a mineração das criptomoedas. Ao Convergência Digital, o CEO Bernardo Schucman, adverte: Brasil não abre espaço à inovação. Sobre a credibilidade da bitcoin, o executivo diz que o estigma é concorrencial. "O velho mundo rejeita o novo. Golpes existem desde sempre. O que é a gangue do boleto?".



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G