Home - Convergência Digital

Ministério da Justiça multa TIM em R$ 800 mil por bloqueio após franquia

Luís Osvaldo Grossmann - 19/06/2020

A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, aplicou a multa de R$ 800 mil contra a TIM. A Senacon acusa a operadora de violação do dever de informação e publicidade enganosa decorrentes do bloqueio de acesso à internet após o esgotamento de franquia de dados. O processo foi iniciado em 2015.

O Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor questiona a adoção das medidas de redução da velocidade e posterior suspensão do serviço depois de esgotada a franquia prevista contratualmente e alega que a TIM não informou devidamente os clientes sobre o assunto. 

“Do modo como ocorreu a alteração, sem a devida informação aos consumidores de forma clara e inequívoca, o fornecedor ofendeu vários direitos básicos previstos no Código de Defesa do Consumidor”, alega o DPDC no processo administrativo. 

A TIM evitou comentar. Em nota, “informa que ainda não recebeu notificação do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor e seguirá com as medidas cabíveis após tomar conhecimento do teor da decisão”. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/08/2020
Por acordo com Anatel, TIM começa a ressarcir R$ 4 milhões em cobranças

31/07/2020
Ultrafibra da TIM chega ao Distrito Federal

30/07/2020
TIM espeta Highline: Transformar Oi em várias MVNOs não ajuda o cliente

27/07/2020
TIM permite acumular franquia de dados no pós-pago TIM Black

23/07/2020
Anatel lança aplicativo que compara ofertas das operadoras

21/07/2020
TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

20/07/2020
TIM Live ultrapassa marca de 600 mil clientes

17/07/2020
Teles seguem os bancos e aderem ao Cadastro Positivo

17/07/2020
TIM lança desafio para startups com soluções de IoT voltadas ao agronegócio

10/07/2020
TIM avança com proposta de conta digital única para as teles

Destaques
Destaques

Edital do 5G vai ao mercado com ou sem venda da Oi Móvel

"Não vou submeter um processo de política pública, como é o edital 5G, a uma fusão e aquisição", afirmou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais.

Venda de smartphones piratas dispara 135% no 1ºtri no Brasil

Tombo no primeiro trimestre foi de 8,7% - e chegou a 22,4% entre os aparelhos mais simples. Alta do dólar e a falta de componentes impactaram a venda dos dispositivos no país.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site