Home - Convergência Digital

Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

Convergência Digital - 20/10/2020

A Vivo está em busca de profissionais para a área de relacionamento com cliente da companhia. Ao todo são 1.000 vagas disponíveis para atuar como analista de relacionamento nos Call Centers próprios em Curitiba (PR) e Fortaleza (CE).

Os interessados precisam ter o ensino médio completo, domínio de informática e pacote office. Importante também ter um perfil consultivo, analítico, com experiência em outros mercados, além de atributos como empatia, entusiasmo, energia, foco no cliente e estar conectado com o propósito da empresa de digitalizar para aproximar, com pensamento digital e inovador. Estar cursando ou ter completado o ensino superior será um diferencial.

Além disso, os candidatos precisam ter habilidade para trabalhar em home office, uma vez que, após um período de adaptação e treinamentos presenciais, os candidatos poderão trabalhar remotamente. Importante também ter disponibilidade de horário para atuação em escalas de trabalho que comtemplam finais de semana. Como uma marca inclusiva, que vê a diversidade de pessoas, comportamentos e habilidades como um diferencial, a Vivo busca atrair candidatos com pluralidade de perfis, como gênero, LGBTI+, Raça, Pessoas com Deficiência e acima de 50 anos.

As etapas do processo seletivo e a admissão serão 100% digitais. Os selecionados passarão por um programa de desenvolvimento, que contempla uma trilha de aprendizagem focada em produtos, serviços e ferramentas. Além disso, a companhia promoverá uma capacitação técnica por meio de conteúdos comportamentais para aprimorar ainda mais as competências do colaborador, garantindo a melhor experiência aos clientes em cada relacionamento.

"A Vivo tem como objetivo ser uma referência na experiência do cliente e, para isso, temos um programa de treinamento bem robusto, que contempla uma trilha de aprendizagem focada em produtos, serviços e ferramentas, habilitando o Analista de Relacionamento a realizar um atendimento de qualidade", ressalta Ricardo Miras, diretor de Atendimento Próprio da Vivo.

Para concorrer a uma das vagas, os interessados devem acessar a página http://talentosvivo-relacionamento.gupy.io/. O salário é compatível com o que é oferecido no mercado. Entre os benefícios os selecionados terão vale refeição e transporte; plano de saúde e odontológico; seguro de vida; day off de aniversário; desconto especial em linha fixa, banda larga, TV por assinatura e apps.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/11/2020
Vivo inaugura usina solar para atender antenas em Brasília

03/11/2020
Vivo vende braço de cibersegurança para Telefónica de Espanha

28/10/2020
Com ajuda da Covid-19 e redução de investimentos, Vivo tem lucro de R$ 1,2 bilhão no trimestre

26/10/2020
Vivo oferece serviços de saúde do dr.consulta aos seus assinantes

20/10/2020
Vivo está com 1.000 vagas abertas call centers em Curitiba e Fortaleza

16/10/2020
CGU aplica multa de R$ 45,7 milhões à Vivo por distribuição de ingressos da Copa de 2014

14/10/2020
Vivo reforça serviços digitais com o Vivo Money

06/10/2020
Trainee da Vivo terá salário de R$ 6,800,00

06/10/2020
Justiça condena Vivo e WhatsApp por celular invadido

20/08/2020
Vivo amplia seu ecossistema digital ao agronegócio com soluções IoT

Ciência de dados cada vez mais na sala de aula

A Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS) está com inscrições abertas para o seu vestibular para 2021. O curso de Estatística e Ciência de Dados foi criado para atender a demanda por mais profissionais na área.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Teletrabalho: sem regulamentação, sem direitos, sem deveres, sem regras

Depois da nota técnica do MPT alertando para o direito à desconexão, Congresso tenta acelerar a votação dos PLs que tratam do tema, entre eles o PL 3915/20. O tema é complexo. IN 65, do governo federal, repassa os custos com tecnologia para os servidores no home office.

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site