Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Licitação do MEC abre espaço para MVNOs na oferta de banda larga móvel gratuita

Ana Paula Lobo* ... 15/07/2020 ... Convergência Digital

As teles móveis e as MVNOs podem enviar propostas para levar Internet gratuita para quase 1 milhão de alunos numa licitação do MEC, organizada pela Rede Nacional de Eensino e Pesquisa - RNP.  Contratações estão previstas para acontecer ainda no mês de julho e e devem beneficiar cerca de 1 milhão de estudantes de baixa renda.

Na liberação dos termos da proposta, a RNP explica que a contratação inicial está relacionada a estudantes de baixa renda matriculados em universidades federais e nas instituições da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica do MEC. Contudo, o resultado deste processo poderá ser expandido e aderido pelas instituições diretamente, incluindo outras instituições públicas de ensino, estaduais e municipais.

O serviço de acesso à internet será contratado em forma de bônus de dados móveis dentro do plano que cada aluno já possui, nas tecnologias 3G e 4G, provida pelas operadoras móveis, nas áreas de cobertura de seus serviços. A qualidade do serviço deve atender, no mínimo, aos requisitos dos regulamentos aplicáveis da Anatel, garantindo atendimento suficiente para que as aulas ocorram de forma remota, com todas as ferramentas empregadas no processo de regência.

O edital define que o preço de referência é de R$ 0,56 GByte/mês sem ICMS, considerando um pacote de dados de 20 Gbytes, para a quantidade de 5.000 alunos que corresponde a 100 mil GBytes, baseado em contratações similares recentemente realizadas por instituições de educação superior públicas.

O contrato com a Operadora Móvel será de 12 meses, podendo ser interrompido a partir do 6° mês sem ônus para a RNP. Mesmo após o termino da vigência contratual, havendo saldo positivo ao final deste período, o bônus contratado deve permanecer ativo durante o período efetivamente adquirido, de acordo com sua validade (90, 120 ou 180 dias).

A RNP explica ainda que a proponente deverá permitir o escalonamento do pacote de dados móveis do bônus do aluno, desde um pacote mínimo de 5 GBytes até o máximo de 40 GBytes, e apresentar preços para as os pacotes de dados de 5, 10, 20, e 40 GBytes, baseados ou não no seu plano de dados existente, e prazo de expiração igual ou superior a 90 dias. O pacote inicial de dados móveis de bônus a ser carregado para cada aluno, poderá ser de qualquer valor, dentre a faixa acima, portanto, não necessariamente o pacote mínimo de 5GBytes. 


Carreira
Claro promove Ideathon do Bem para soluções de combate à Covid-19

Operadora idealizou uma maratona de inovação com 48 horas de duração, 100% online, em parceria com empresas como Microsoft, Facebook, Ericsson, Huawei, Amazon Alexa, entre outras. Evento será de 11 a 13 de dezembro e inscrições estão abertas.

Desigualdade econômica acentua exclusão digital do campo no Brasil

Estudo mostra que na região, 77 milhões de pessoas não tem acesso à internet. No Brasil, que puxa os índices agregados para cima, diferença é gritante entre grandes e pequenas propriedades. Levantamento mostra que 244 milhões de pessoas na AL não têm acesso à Internet.

Em Telecom, estratégia do governo até 2031 ainda corre atrás de inclusão digital

Decreto 10.531/20, com a Estratégia Federal de Desenvolvimento da próxima década lista banda larga no Norte e Nordeste, backhaul de fibra e redução do gap digital. 

Telebras: Justiça confirma legalidade do acordo com a Viasat por satélite

Juízo da 5ª Vara Federal do Distrito Federal concluiu pela legalidade do acordo firmado com a empresa norte-americana e julgou improcedente todos os argumentos da Via Direta e da Rede Tiradentes, de Manaus. Disputa já dura dois anos e meio.

MPF recomenda que instituto cancele compra de MacBooks de R$ 12 mil e use PCs mais baratos

Instituto Federal de Educação do Rio Grande do Norte (IFRN) quer 20 notebooks da Apple para o setor administrativo, em custo superior a R$ 250 mil. MPF diz que licitação deve incluir outras marcas. 

Covid-19 aumentou o uso da internet nas classes C, D e E

Segundo a pesquisa TIC Covid-19, do Cetic.br, a pandemia aumentou o uso da rede em todas as classes e faixas etárias. O que já era hábito entre os mais ricos, passou a ser mais comum entre os mais pobres para compras e serviços.

Bemol quer Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E para levar banda larga para quem não tem nem 3G

Varejista com atuação na região norte do País tem planos de expandir sua infraestrutura para mais cidades, mas conta com a frequência não licenciada, diz o gerente de TI, Jesaias Arruda.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G