Home - Convergência Digital

Brasil alocou 609 MHz para banda larga móvel

Convergência Digital* - 18/01/2019

O índice da 5G Americas de Espectro Radioelétrico estima que, no final de 2018, a média de espectro alocado para serviços móveis na América Latina ficou em 370 MHz, abaixo do que é sugerido pelos parâmetros internacionais, como o sugerido pela União Internacional de Telecomunicações (UIT). Na prática, essa cifra significou um incremento de 16Mhz, ou 4,6% a mais de 2017, quando a região contabilizou 353,8 MHz.

O estudo também detectou dinâmicas que podem reduzir ou limitar a quantidade de espectro para serviços móveis, como as obrigações de devolução de espectro e os limites de acumulação. Além disso, existem países que não esgotaram todo o espectro de bandas como a de 700 MHz, 1,9 GHz, AWS e 2,5 GHz, que já possuem um ecossistema tecnológico desenvolvido e que devem ser atribuídos para promover o desenvolvimento de tecnologias de banda larga móvel, particularmente Long Term Evolution (LTE).

O Brasil alocou 609MHz e ficou à frente na região. O México alocou 584,3 MHz. O Chile ficou em 490 MHz. A Argentina disponibilizou apenas 309 MHz e fica atrás da Nicarágua, com 420 Mhz, da Costa Rica com 400 Mhz e do Uruguai com 395 Mhz. A Colômbia fica bem atrás - apenas 362,5 MHz foram disponibilizados para os serviços de banda larga móvel.

Fonte: 5G Americas

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

03/06/2020
Claro bate rivais em banda larga móvel, TIM tem a menor latência

28/04/2020
Uninove e Vivo Empresas firmam parceria por conexão móvel gratuita para alunos e professores

07/02/2020
Femtocells terão tratamento igual a dos roteadores Wi-Fi na Anatel

14/11/2019
Liberação da faixa de 700 MHz aumentou velocidade e tempo de uso do 4G

25/10/2019
FCA e Sebrae lançam desafio de até R$ 100 mil para carro conectado

23/09/2019
UIT: Mundo tem dificuldade para levar Internet aos 3,7 bilhões desconectados

14/08/2019
Melhor horário para navegar no 4G é às 4 da manhã na América Latina

23/07/2019
TIM e Vivo vão compartilhar redes 2G e 4G em 700 Mhz

29/03/2019
Um terço dos brasileiros desperdiça dados móveis

18/01/2019
Brasil alocou 609 MHz para banda larga móvel

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site