Home - Convergência Digital

Falta profissional para pegar no 'pesado' do 5G

Ana Paula Lobo* - 08/01/2020

Vai faltar profissional qualificado para trabalhar com o 5G. A advertência foi feita pelo chairman da FCC, a agência reguladora de comunicações dos Estados Unidos, Ajit Pai, durante sua participação na CES, evento que acontece esta semana, em Las Vegas. A falta de fomento ao compartilhamento de espectro é outro ponto que pode vir a atrasar a operação comercial do 5G.

"São muitas faixas usadas pelas operadoras e que vão servir ao 5G, como a banda C, usadas pelas empresas de satélites, e outras faixas de espectro que também serão muito disputadas. Há a necessidade de se ter uma legislasção legal nacional para fomentar o compartilhamento, mas há muitas legislações estaduais que colocam o negócio em risco", pontuou Pai.

Sobre a mão de obra, o chairman da FCC salientou que, hoje, já é complexo encontrar profissionais capacitados para o trabalho de manutenção e instalação de redes e eles serão ainda mais necessários com o 5G. A maior parte dos jovens prefere trabalhar com tecnologia em outras áreas, mais atraentes do ponto de vista profissional e financeiro.

"Temos de atrair os jovens para a construção e manutenção de redes. Essa é uma etapa essencial do 5G", reforçou Ajit Pai. Os EUA trabalham com um cronograma que prevê a liberação de várias faixas para o 5G, entre elas, 2,5GHz, 4,9GHz e nas ondas milimétricas.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/07/2020
Nokia usa RAN aberto para provocar Ericsson no 5G

02/07/2020
Faixa de 1,5 GHz também pode ser destinada ao 5G para uso privado

02/07/2020
Claro traz 5G com compartilhamento de frequência para o Brasil

30/06/2020
Vivo e TIM avançam com OpenRAN para 'quebrar' concentração dos fornecedores

30/06/2020
Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

29/06/2020
Vodafone: 5G é o remédio para combater o impacto da Covid-19

25/06/2020
Covid-19 impôs revisão dos projetos 5G na América Latina

23/06/2020
Huawei: Brasil sempre teve um mercado aberto e justo no setor de TIC

19/06/2020
CEO da Algar: Banir fornecedor do 5G seria um tremendo equívoco

18/06/2020
Aumento de espectro para 5G está em consulta pública

Destaques
Destaques

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Oi Móvel terá um 'único' dono e Oi não se exclui do jogo do 5G

O CEO da Oi, Rodrigo Abreu, descartou a possibilidade de vender a Oi Móvel 'fatiada' para atender aos interessados: Vivo/TIM e Claro. "Sem chance. O ativo será vendido todo", disse. Sobre o 5G, diz que dependendo do modelo de venda, a Oi entra pensando em B2B, IoT e até para ser MVNO.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site