Clicky

SEGURANÇA

Brasil é terceiro país do mundo com mais ataques a maquininhas de cartão

Convergência Digital ... 24/09/2020 ... Convergência Digital

O Brasil foi um dos principais alvos de ataques cibernéticos direcionados a aplicativos de internet banking e de dispositivos de PoS, como são conhecidas as maquininhas de cartão, no primeiro semestre deste ano. Foi o que apontou o estudo Fast Facts, da empresa de segurança em nuvem Trend Micro. O país também foi um dos principais alvos de ataques em outras frentes, como mensagens eletrônicas e ransomware.

De acordo com o relatório elaborado pela companhia, o número de ataques cibernéticos com o objetivo de roubar dados bancários e de cartões de crédito de usuários foi de 3 mil nos seis primeiros meses do ano - pouco acima dos 2,9 mil observados no mesmo período de 2019. Só em junho, o País foi o quarto com mais detecções de arquivos maliciosos (malwares) no mundo, atrás de China, Japão e Estados Unidos. Já nos dispositivos PoS, o número de ocorrências no Brasil teve crescimento de mais de 350% nos seis primeiros meses do ano em relação ao mesmo intervalo de 2019, sendo o terceiro principal alvo de atacantes cibernéticos em junho - atrás de Estados Unidos e Turquia.

O estudo da Trend Micro também mostrou que a pandemia da covid-19 elevou as ameaças cibernéticas no Brasil no primeiro semestre deste ano. Segundo o relatório Midyear Cybersecurity Roundup, elaborado pela companhia, foi analisado o panorama da segurança cibernética no período e verificou-se que o Brasil foi um dos principais países alvos desses ataques.

Nos seis primeiros meses do ano, o país foi o oitavo que mais recebeu ameaças por e-mail com temas relacionados ao novo coronavírus. No total foram 132 mil mensagens eletrônicas contendo algum tipo de arquivo malicioso. No mundo, os países que mais receberam ameaças desse tipo foram Estados Unidos, Alemanha e França. Já considerando todas as ameaças por e-mails detectadas pela Trend Micro, o Brasil teve mais de 447 mil mensagens eletrônicas maliciosas no período, sendo o sétimo principal alvo dos atacante no mundo.


TSE admite que ataques hackers podem ter causado instabilidade no e-Título

Tribunal criou uma comissão, presidida pelo ministro Alexandre de Moraes, para acompanhar as investigações sobre ação de hackers. Em nota, o TSE diz que que 'as investidas cibernéticas podem ter ocasionado instabilidades no aplicativo e-Título e no sistema de processo judicial eletrônico (PJe)'.

Muitas empresas só planejam segurança quando dói no bolso e na carne

O diretor da Microhard, Glicério Ruas, diz que a conscientização é o maior gargalo dentro das corporações. Segundo ele, muitas acham que basta ter um antivírus, quando o maior risco, hoje, está na vulnerabilidade de aplicativo.

TSE descarta ataque hacker e diz que pane foi problema técnico

O Tribunal passou por uma instabilidade de sistemas nesta quinta-feira, 12/11. Nota oficial diz que problema foi causado por uma sobrecarga interna no datdacenter e não por interferência externa, no caso, um ataque cibercriminoso.

STJ proíbe uso de notebooks pessoais para evitar novo ataque hacker

Decisão de impedir a entrada dos dispositivos- não está claro se o celular está também proibido- foi tomada pela Secretaria de TI e Comunicação, com a colaboração do Comando de Defesa Cibernética do Exército e do Serpro. Não há prazo para reveter a medida.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G