Clicky

Home - Convergência Digital

Com 114 redes ativadas, 5G já tem 138 milhões de acessos no mundo

Convergência Digital - 24/09/2020

Segundo a 5G Americas, a partir de dados da TeleGeography, 30 novas redes 5G entraram em operação no segundo trimestre deste 2020, elevando a 114 o número de redes comerciais de quinta geração pelo mundo. A expectativa é que esse número quase dobre no segundo semestre, para 204 redes 5G.

“Apesar dos desafios, as operadoras móveis estão mantendo seus investimentos em novas redes 5G como parte de seus planos de longo prazo”, afirma o presidente da entidade, Chris Pearson. A nova infraestrutura já responde por parte do crescimento de 53% no tráfego de dados em comparação com 2019. 

De acordo com dados da Omdia, os acessos em 5G somaram praticamente 138 milhões no fim do segundo trimestre, um crescimento de 116% comparado com os três meses anteriores. A Associação Global de Fornecedores Móveis (GSA), indica existirem 190 modelos de dispositivos 5G em comercialização. A projeção é de que serão 236 milhões de conexões 5G no mundo até o final deste ano. 

A América do Norte registrou 2,3 milhões de conexões 5G e 497 milhões de conexões 4G no fim do segundo trimestre, alta de 69% ou praticamente 1 milhão de novas conexões 5G no período. 

A América Latina e Caribe chegaram ao fim do trimestre com 3.685 conexões 5G, crescimento de 25% na comparação trimestral, e 378 milhões de conexões LTE (crescimento trimestral de 2%). De acordo com as projeções da Omdia, a América Latina e o Caribe devem registrar 189 mil novas conexões até o final de 2020.

Além da 5G, o número global de conexões LTE deve continuar crescendo até o final de 2022 no mercado internacional. A LTE 4G deve atingir 5,7 bilhões de conexões até o final deste ano, com 506 milhões de novas conexões da América do Norte e 406 milhões da América Latina e Caribe.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

15/01/2021
Teles querem deixar migração das parabólicas para depois do leilão 5G

11/01/2021
Consumidor abre mão de acesso 5G por bateria com mais duração

05/01/2021
Brasileiro será CEO global da Qualcomm a partir de junho

18/12/2020
Abinee: Diferença de custo entre migração e mitigação no 5G é menor do que apontam teles

16/12/2020
Capdeville, CTIO da TIM: "Usamos equipamentos chineses há vinte anos e não há nada que desabone a rede brasileira"

16/12/2020
TIM: dizer que 5G DSS não é o 5G é obrigatório para não queimar a tecnologia

15/12/2020
Ceitec, no RS, tem estrutura para produzir chips 5G

11/12/2020
Algar Telecom testa OpenRAN em centro de 5G criado pela IBM, Flex e FIT

09/12/2020
Ericsson: Governos estão limitando e colocando o 5G em risco

08/12/2020
Fabio Faria reúne teles e diz que Bolsonaro e Minicom decidem sobre 5G

Destaques
Destaques

Uso da faixa de 700 MHz deixa 4G disponível 80% do tempo no Brasil

Segundo a mais recente análise da OpenSignal, TIM tem a rede de quarta geração com maior disponibilidade, 88,2%, à frente da Claro (79%) e Vivo (79,5%), Oi (70,2%). 

Um em cada quatro acessos móveis na América Latina será 5G até 2026

Nova edição do Relatório de Mobilidade da Ericsson aponta que até o final de 2020, mais de 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo já estará usando 5G. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Edição de genes: como o 'reparo' do DNA pelo CRISPR impulsionará a Agricultura

Por Eduardo Prado*

Técnica permite o 'reparo' do DNA com altíssima precisão, o que permite, por exemplo, consertar 'mutações defeituosas' do DNA. A aparecimento da técnica deu um grande alento para o tratamento de doenças genéticas complexas. Estima-se que 6.000 doenças genéticas são causadas por mutações defeituosas, e apenas 5% delas pode ser tratada atualmente (sic!) ..


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site