INTERNET

Coronavírus: Teles e ISPs dos EUA vão manter acesso por 60 dias para inadimplentes

Convergência Digital* ... 13/03/2020 ... Convergência Digital

A Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos (FCC), a Anatel norte-americana, informou nesta sexta-feira, 13/03, que os principais provedores de internet do país- incluindo Comcast, AT&T e Verizon - concordaram em não suspender o serviço para assinantes pelos próximos 60 dias, mesmo se eles não puderem pagar pelas contas devido a interrupções causadas pelo coronavírus. O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou estado de emergência no País, o que dá acesso a US$ 50 bilhões para combater o vírus. O número de casos nos EUA- até a tarde desta sexta-feira, 13/03 - já superava 1,7 mil, com 41 mortes.

O presidente da FCC, Ajit Pai, disse depois de ligações com mais de 50 empresas que eles também concordaram em renunciar a qualquer pagamento atrasado de clientes residenciais ou de pequenas empresas devido às suas circunstâncias econômicas relacionadas à pandemia de coronavírus. Eles também concordaram em abrir pontos de acesso wi-fi para quem precisar, disse a FCC.

Espera-se que milhões de norte-americanos trabalhem em casa, sob orientação de empregadores e governos para reduzir o potencial de disseminação do surto de coronavírus. Outros que concordam em participar são Google Fiber, Charter Communications, CenturyLink, CenturyLink, Cox Communications, Sprint e T-Mobile.

“À medida que o surto de coronavírus se espalha e causa uma série de perturbações na vida econômica, educacional, médica e cívica de nosso país, é imperativo que os americanos permaneçam conectados”, disse o presidente da FCC.

Ajit Pai também disse que pediu aos fornecedores que ofereçam aos consumidores de baixa renda um serviço mais barato. A Comcast anunciou o aumento da velocidade para todos os usuários de baixa renda. Já a AT&T dispensou os limites de dados para consumidores que têm planos com limites de uso.


Revista Abranet 30 . fev-mar-abr 2020
Veja a Revista Abranet nº 30 A matéria de capa enfatiza a relevância do engajamento ao mostrar que uma internet mais segura depende da ação conjunta de todos os atores do ecossistema. Tratamos também do leilão das frequências do 5G. Veja a revista.
Clique aqui para ver outras edições

Mesmo maioria, mulheres ganham menos que homens como influenciadoras digitais no Brasil

Pesquisa aponta que nos segmentos de tecnologia, as mulheres ganham, em média, metade do que os influenciadores masculinos. No Sudeste, disparidade média é de 33%. 

Coronavírus: Justiça do Recife celebra casamento por videochamada na Internet

Cerimônia foi realizada por uma chamada de vídeo por celular do juiz da 1ª Vara de Família e Registro Civil da Capital do Recife, Clicério Bezerra.

Demonizar a Internet não resolve a falta de educação

O Brasil precisa de mais diálogo e educação na Internet e entender que a rede é um meio. "A falta de civilidade digital é um retrato da nossa sociedade", afirma Caio Almeida, da Safernet.

Internet no Brasil está longe de ser um ambiente saudável

"Está faltando senso crítico ao internauta", adverte o ciberevangelista Anchises Morais. Ele adverte que os cibercrimosos avançam sobre o medo do Coronavírus.

No Brasil, ainda há quem pense que a Internet é uma terra sem lei

A afirmação é da advogada especializada em direito digital, Cristina Sleiman. Segundo ela, qualquer ato na Internet tem uma consequência e é passível de punição.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G