Home - Convergência Digital

Desenvolvimento e design atraem mais mulheres para tecnologia

Convergência Digital - 26/03/2020

Apesar do mercado de tecnologia ser um universo ainda majoritariamente masculino no Brasil, é cada vez maior o número de mulheres atuando no segmento. Levantamento realizado pela Gama Academy, escola que capacita estudantes e profissionais para o mercado digital, aponta que houve um aumento de 50% no número de profissionais capacitadas em áreas de tecnologia em 2019, no comparativo com 2018. 

Segundo a pesquisa, as áreas de Desenvolvimento Front-End, UX/UI Design e Growth Hacking foram as que mais tiveram adesão de mulheres ao longo do ano passado. O levantamento tomou como base o número de participantes no Gama Experience, curso de imersão com formato semipresencial da escola que forma profissionais para as áreas de Programação, Design, Marketing e Vendas em até cinco semanas. 

Para 2020, o aumento da adesão feminina tende a crescer ainda mais. Nos primeiros programas realizados neste ano para a área de Desenvolvimento, por exemplo, a escola formou 30 mulheres contra 19 no mesmo período em 2019 -- um aumento de 57%.

Esse crescente interesse tem relação direta com o incentivo feito por diversas empresas do segmento para aumentar o número de mulheres em seu quadro de colaboradores. A Avanade, empresa especializada em soluções em tecnologia de negócios e serviços gerenciados com percepções inovadoras, com especialização nas tecnologias Microsoft, é um exemplo. 

Em fevereiro, a companhia contratou, de uma só vez, 30 desenvolvedoras formadas pelo Avanade Academy 7, programa de estudos desenvolvido em parceria com a Gama. Além de atrair, selecionar e treinar profissionais para a área de desenvolvimento, a iniciativa teve como objetivo alavancar a carreira profissional das alunas e aumentar o número de mulheres líderes na companhia.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

20/10/2020
Microsoft promete 5,5 milhões de vagas em cursos TI em plataforma suspensa pelo governo Bolsonaro

07/10/2020
USP abre vagas para mestrado em Ciências de Computação

16/09/2020
ACSoftware oferece 10 bolsas para capacitação profissional na Trilha DevOps da Jornada Learning

15/09/2020
Dell e IOS abrem cursos gratuitos para jovens e pessoas com deficiência em Campinas, RJ e Porto Alegre

14/09/2020
Estação Hack do Facebook abre 19 mil vagas gratuitas para curso de empregabilidade e inovação

10/09/2020
Meta oferece 350 vagas para TI. 21 delas para fora do Brasil

08/09/2020
CESAR School de Manaus abre inscrições para pós-graduação em Testes Ágeis

04/09/2020
Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

31/08/2020
CESAR abre inscrições para capacitação a distância em TI

24/08/2020
Contratações de pessoal cresceram 34% em julho

Desafio nacional: identificar os dados efetivamente valiosos ao negócio

Pesquisa da IDC mostra que quase a metade companhias pesquisadas no Brasil admitiu ter dificuldade para encontrar talentos e recursos responsáveis pelas análises das informações.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Futuro sem aposentadoria – qual a saída?

Por luis Macedo*

O futuro financeiro nunca foi tão incerto. A aposentadoria "oficial", pelo INSS, fica cada vez mais distante para muitas pessoas, especialmente porque o mundo do trabalho mudou. Uma alternativa para uma parcela significativa da população que não tem carteira assinada são os fundos de previdência. O problema, no entanto, é a infinidade de fundos que existem.

Destaques
Destaques

Ministério Público: Teletrabalho exige direito à desconexão

Ministério Público do Trabalho elaborou uma nota técnica direcionada para as “empresas, sindicatos e órgãos da administração pública”.  Na orientação, sugere a adoção de etiqueta digital para orientação de patrões e empregados.

Dos 10% em teletrabalho no Brasil, maioria é branca, tem diploma e maior renda

Segundo o Dieese, 8,4 milhões de brasileiros trabalham de casa por conta da pandemia de Covid-19. Proporção chega a 22% dos trabalhadores em Brasília, mas não passa de 3% no Pará. 

Um em cada cinco servidores públicos será substituído por robô no Brasil

A Escola Nacional de Administração Pública estima que, por conta da Transformação Digital, a automação deverá substituir cerca de 100 mil postos de trabalho no Serviço Público Federal nos próximos cinco a 10 anos, sendo que a metade deles terá menos de 50 anos.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site