Convergência Digital - Home

Cloud Native: o que muda com a chegada do 5G

Convergência Digital
Convergência Digital - 05/12/2019

O 5G vai mudar a forma de desenvolver aplicativos e o uso da computação em nuvem, aponta o relatório 5G e a nuvem, produzido pela 5G Américas, associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. No material, a entidade aponta as vantagens e os desafios de ser Cloud Native, um conceito de design para o desenvolvimento e execução de aplicativos hospedados em nuvens públicas e privadas.

De acordo com a 5G Americas, os conceitos Cloud-Native apresentam vantagens importantes que podem acelerar o desenvolvimento e aprimoramento dos recursos e capacidades de redes sem fio. Essas vantagens incluem várias técnicas modernas que já são usadas na computação em nuvem, como o uso dos containers, os microserviços, a entrega contínuas e DevOps, ou desenvolvimento e operação de aplicativos.

"Os desenvolvedores estão usando a integração automatizada e contínua para testar novos códigos e conceitos e colocá-los em prática. Com o conceito Cloud Native, as companhias e o setor de telecomunicações poderão acelerar a implementação de novas ideias e fortalecer sua capacidade de inovar", enfatizou o presidente da 5G Americas, Chris Pearson.

Além de analisar o caminho para chegar a um core 5G Cloud Native, o relatório também identifica o rico ecossistema de apoio que viabilizou o conceito Cloud Native e a construção e execução de aplicativos que conseguem aproveitar de todas as vantagens do modelo de computação em nuvem. Esse modelo inclui arquiteturas para serviços, infraestrutura como código, automação, caminhos para integração/entrega contínua, ferramentas de monitoramento e muito mais.

O relatório 5G e a Nuvem também identifica as necessidades da tecnologia 5G e como elas podem ser atendidas pelo modelo Cloud-Native, apresentando estratégias de migração, boas práticas e caminhos para sua implementação.  Veja a íntegra do estudo: https://www.5gamericas.org/wp-content/uploads/2019/12/5G-Americas_5G-and-the-Cloud..pdf


Destaques
Destaques

Embratel centraliza dados do ministério da Saúde na nuvem

Os dados do Portal do Ministério da Saúde, do Portal Coronavírus e e-SUS-VE foram 100% migrados para a nuvem da Embratel. Entre os aplicativos migrados está o CoronavírusSUS. Os apps de saúde já atingiram picos de mais de 80 milhões de acessos diários.

Compartilhamento de dados fomenta o big data no governo federal

A TIC Governo Eletrônico 2019 mostra que ainda há muito por usar em análise de dados no governo. O MPF foi o maior utilizador dos dados para análise. O Executivo ficou com apenas 20%. Serviços na nuvem também ficam aquém do desejado.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Transformação digital exige eficiência no gerenciamento

Por Luiz Fernando Souza*

Prevenir é sempre melhor do que remediar. Essa é uma máxima que precisa ser aplicada à transformação digital, e vale quando falamos da gestão dos servidores. E as razões são simples: é menos sofrido, menos dolorido e mais barato manter uma rotina de trabalho focada na manutenção, preservando com inteligência dados e sistemas.

Jornada para a nuvem: evite as armadilhas e faça a coisa certa

Por Fábio Kuhl*

Até bem pouco tempo, a nuvem era inovação, hoje me arrisco a dizer que, em breve, uma commodity.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site