Clicky

Home - Convergência Digital

Brasil terá 6,2 bilhões de downloads de aplicações móveis até 2023

Ana Paula Lobo* - 18/02/2020

O 5G representará mais de 10,6% das conexões móveis do mundo em 2023. A média da velocidade do 5G será de 575 megabits por segundo, ou 13 vezes mais rápida do que a média da conexão móvel, aponta o Cisco Annual Internet Report, relatório anual da fabricante sobre Internet, divulgado nesta terça-feira, 18/02. Com capacidades avançadas de desempenho, o 5G propiciará infraestruturas móveis mais dinâmicas para IA e novas aplicações da IoT, incluindo carros autônomos, cidades inteligentes, saúde conectada, vídeos imersivos e outras.

O levantamento prevê 20 milhões de conexões 5G no mundo. No Brasil, as conexões 5G serão 6% do total de conexões móveis existentes em 2023. A velocidade média do 5G no Brasil será de 595,5 Mbps em 2023. Durante a teleconferência de apresentação dos dados da pesquisa, Hugo Baeta, diretor de vendas para Operadoras da Cisco do Brasil, reforçou que a utilização de aplicativos moveis seguirá com forte demanda.

Redes sociais, streaming e downloads de vídeo, aplicativos de produtividade, comércio eletrônico e jogos vão impulsionar o crescimento das aplicações móveis, com cerca de 300 bilhões de downloads até 2023. No Brasil haverá 6,2 bilhões de downloads de aplicacões móveis até 2023, acima dos 4,9 bilhões registrados em 2018.

Globalmente, o vídeo continuará sendo um forte demandador de conectividade. Em 2023, diz a Cisco, 2/3 das conexões por smart tv vão suportar 4k. No Brasil, 56% das TVs serão 4K em quatro anos. "Uma baixa definição pede 2 Mbps de conexão. O ultra HD 4K vai exigir de 15 a 18 Mbps. É muito dado trafegando", observa Hugo Baeta, diretor de vendas para Operadoras da Cisco do Brasil.

O incremento das conexões também terá um forte impulso dos carros conectados, com um salto de 30% nos próximos quatro anos. "O que temos hoje de funcionalidades ou acessórios nos carros com relação à conectividade, serão, daqui a pouco, recurso a vir de fábrica, produzido em série. Não tenho dúvida que o carro conectado será muito mais comum em 2023", reforçou Baeta.

Conheça as principais projeções da Cisco para o período 2018 a 2023:

Projeções globais de usuários de internet e internet móvel mundiais para 2023

•Mais de 70% da população mundial (5,7 bilhões de pessoas) terá conectividade móvel (2G, 3G, 4G ou 5G).

.66% da população mundial (5,3 bilhões de pessoas) usará internet.

Dados Brasil

•Haverá 199,8 milhões de usuários totais da Internet (92% da população) até 2023, contra 164,5 milhões (79% da população) em 2018.

•Serão 181,1 milhões de usuários móveis totais (84% da população) até 2023, contra 169,7 milhões (81% da população) em 2018.

Projeções globais de dispositivos e conexões para 2023

•Haverá 3,6 dispositivos/conexões em rede por pessoa, e quase 10 dispositivos e conexões por residência.

• Quase metade (47%) de todos os dispositivos e conexões suportarão vídeo.

• As conexões máquina a máquina (M2M) com suporte para uma ampla gama de aplicações de IoT representarão cerca de 50% (14,7 bilhões) do total mundial de dispositivos e conexões.

Dados Brasil

• 3,5 dispositivos de rede per capita até 2023, acima dos 2,4 per capita em 2018.

•76% de todos os dispositivos em rede estarão no segmento de consumo até 2023, em comparação com 81% em 2018.

•24% de todos os dispositivos em rede estarão no segmento de negócios até 2023, contra 19% em 2018.

•No Brasil, os módulos M2M serão responsáveis por 45% (338,9 milhões) de todos os dispositivos em rede até 2023, em comparação com 27% (138,2 milhões) em 2018.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

27/11/2020
Teles: restrição a fornecedores é um risco ao 5G e aos consumidores

26/11/2020
Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

24/11/2020
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

24/11/2020
Minicom se diz cobrado por Bolsonaro para fazer o leilão 5G

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

17/11/2020
TBNet fecha parceria com tele para transformar 23 mil ATMs em hotspots Wi-Fi 5G

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

Destaques
Destaques

Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

"Não há como fazer obrigação em cibersegurança. O ambiente tem de ser cooperativo e não é apenas com as teles. São mais de 10 mil pequenos prestadores de serviços e eles têm de estar ativos. Temos de ter uma coordenação entre todos os atores", disse o superintendente de Planejamento e Regulamentação da Anatel, Nilo Pasquali.

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site