Home - Convergência Digital

Trabalhadores de São Paulo rompem com o sindicato das empresas de TI

Convergência Digital - 23/01/2020

O Sindicato dos Trabalhadores de TI de São Paulo, o Sindpd, não vai mais negociar com o sindicato patronal, o Seprosp. A decisão foi tomada ao final da primeira rodada onde, de acordo com o Sindpd, houve falta de respeito nas conduções das discussões.

Agora, o Sindicato vai encaminhar um circular para todas as empresas de São Paulo propondo as negociações individuais, tendo por base a pauta aprovada nas assembleias de dezembro. Uma delas é o pedido de reajuste de  6,48% e a manutenção das atuais cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho.

"Por respeito à nossa história, decidimos que não vamos ouvir e nem tolerar qualquer tipo de indecência. Vamos discutir diretamente com as empresas e buscar acordos que garantam salários dignos e a manutenção de todos os direitos. Quem quiser retirar direito de trabalhador não vai ter aval dessa diretoria", argumentou Antonio Neto. O Seprosp prefere não se pronunciar sobre a questão.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/07/2020
TRT/SP rejeita cautelar das empresas de TI e cobra Convenção Coletiva 2020

21/02/2020
Trabalhadores em TI no Distrito Federal querem aumento real de 3%

14/02/2020
Dissídio TI/São Paulo: Trabalhadores querem convenção coletiva para empresas com até 100 trabalhadores

23/01/2020
Trabalhadores de São Paulo rompem com o sindicato das empresas de TI

11/10/2019
Trabalhadores de TI do Rio de Janeiro fecham CCT 2019/2021

29/08/2019
TRT julga dissídio coletivo de TI em São Paulo

14/08/2019
TRT de São Paulo marca julgamento do dissídio coletivo de TI

05/04/2019
TRT define reajuste de 3,43% no dissídio coletivo dos trabalhadores de TI de São Paulo

25/03/2019
TRT precisa se manifestar sobre dissídio de TI em São Paulo

21/02/2019
TRT ordena a reabertura das negociações salariais de TI em São Paulo

Recrutadores e a dura tarefa de contratar cientistas de dados

O maior gargalo é encontrar profissionais adequados às demandas das empresas e o Brasil, hoje, é um exportador de talentos para outros países.

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Seis dicas para formar uma equipe de trabalho resiliente

or Craig Mackereth*

Formar uma equipe ou força de trabalho resiliente não é tarefa que se execute da noite para o dia. Tampouco é possível tornar uma equipe verdadeiramente resiliente se isso ainda não estiver integrado ao DNA da empresa.

Destaques
Destaques

Teletrabalho: medo de perder emprego cria obrigação de ficar 100% online

Pesquisa do LinkedIn aponta que 68% dos brasileiros têm trabalhado de uma a quatro horas a mais por dia por conta de estarem em home office. Maior parte reclama de ansiedade e estresse. Maioria também reclama da ausência dos colegas de trabalho, mas 43% se sentem mais produtivos com o trabalho remoto.

TST suspende demissões na Dataprev enquanto durar crise da Covid-19

Trabalhadores alegaram que os prazos acordados no fim da greve não terão como ser integralmente cumpridos diante da situação emergencial com a epidemia do coronavírus. 

TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos vigentes

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site