Convergência Digital - Home

Cloud Native: o que muda com a chegada do 5G

Convergência Digital
Convergência Digital - 05/12/2019

O 5G vai mudar a forma de desenvolver aplicativos e o uso da computação em nuvem, aponta o relatório 5G e a nuvem, produzido pela 5G Américas, associação setorial dos principais provedores de serviços e fabricantes do setor de telecomunicações. No material, a entidade aponta as vantagens e os desafios de ser Cloud Native, um conceito de design para o desenvolvimento e execução de aplicativos hospedados em nuvens públicas e privadas.

De acordo com a 5G Americas, os conceitos Cloud-Native apresentam vantagens importantes que podem acelerar o desenvolvimento e aprimoramento dos recursos e capacidades de redes sem fio. Essas vantagens incluem várias técnicas modernas que já são usadas na computação em nuvem, como o uso dos containers, os microserviços, a entrega contínuas e DevOps, ou desenvolvimento e operação de aplicativos.

"Os desenvolvedores estão usando a integração automatizada e contínua para testar novos códigos e conceitos e colocá-los em prática. Com o conceito Cloud Native, as companhias e o setor de telecomunicações poderão acelerar a implementação de novas ideias e fortalecer sua capacidade de inovar", enfatizou o presidente da 5G Americas, Chris Pearson.

Além de analisar o caminho para chegar a um core 5G Cloud Native, o relatório também identifica o rico ecossistema de apoio que viabilizou o conceito Cloud Native e a construção e execução de aplicativos que conseguem aproveitar de todas as vantagens do modelo de computação em nuvem. Esse modelo inclui arquiteturas para serviços, infraestrutura como código, automação, caminhos para integração/entrega contínua, ferramentas de monitoramento e muito mais.

O relatório 5G e a Nuvem também identifica as necessidades da tecnologia 5G e como elas podem ser atendidas pelo modelo Cloud-Native, apresentando estratégias de migração, boas práticas e caminhos para sua implementação.  Veja a íntegra do estudo: https://www.5gamericas.org/wp-content/uploads/2019/12/5G-Americas_5G-and-the-Cloud..pdf


Destaques
Destaques

Demanda por cientista de dados eleva salários para até R$ 12 mil

Segundo levantamento da plataforma de recrutamento trampos.co, média é de R$ 5,5 mil a R$ 8 mil, mas os salários são maiores em grandes empresas e multinacionais.

IDC: mercado de nuvem pública vai chegar a R$ 15 bilhões em 2020

Mercado de TI brasileiro vai crescer 5,8% impulsioando pelos negócios de clóud computing e pela aceleração do mercado de software. Nuvem privada tem a preferência das grandes empresas e fica com até 25% do orçamento destinado à TI.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como gerenciar o caos da estratégia multicloud

Por Ivan Marzariolli*

Os gestores precisam de uma solução para atenuar os riscos de uma arquitetura multicloud e desafios operacionais, o que pode inclusive melhorar o compliance, a precisão e as necessidades de DevOps e SecOps, reduzindo o estresse na equipe de TI.

Segurança em nuvem na era da LGPD

Por Raul Leite*

Quando falamos de proteção da nuvem, as organizações devem ter em mente uma série de estratégias. A começar pela escolha minuciosa do provedor de serviços, que precisa estar preparado para os novos compromissos de privacidade. Também é necessário certificar se o armazenamento dos dados é feito de modo criptografado quando necessário pelo nível de sigilo da categorização de um dado.



Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site