INOVAÇÃO

Teles e bancos são setores mais avançados na transformação digital

Convergência Digital ... 30/07/2019 ... Convergência Digital

Companhias do setor financeiro e de telecomunicações estão à frente no processo de transformação digital. A constatação é do estudo Como Investem os Campeões Digitais, realizado pelo Boston Consulting Group (BCG) e que avaliou o Índice de Aceleração Digital (IAD) em nove segmentos da indústria.  O levantamento foi feito na  Ásia, Europa e Estados Unidos.

 Classificados como "campeões digitais", os setores de Serviços Financeiros e de Telecomunicações tiveram mais de 25% de suas empresas recebendo alta pontuação no IAD. Já no outro extremo estão as áreas de Energia e Setor Público, das quais mais de 40% das organizações obtiveram baixa pontuação no IAD e, com isso, foram incluídas no grupo dos "atrasados digitais”. Na faixa intermediária, estão, em ordem decrescente, os setores de Tecnologia, Automotivo, Transformação, Seguros e Consumo & Varejo.

 O IAD é uma metodologia criada pelo BCG que avalia o nível de maturação tecnológica de uma companhia. Seu cálculo considera fatores como a presença do digital na orientação da estratégia de negócios da empresa, a digitalização da atividade principal, o desenvolvimento de novas ferramentas e os facilitadores para a sua implantação. Para a realização do estudo, a consultoria entrevistou executivos de mais de 1.800 companhias asiáticas, europeias e dos Estados Unidos.

 O estudo identificou ainda três impulsionadores que têm acelerado a disrupção digital dessas indústrias. Empresas líderes empregam maior fatia das despesas operacionais em tecnologia. Paralelamente, implementam vários projetos pilotos que lhes permitem observar antecipadamente os benefícios das soluções digitais e orientar suas estratégias com base nessas informações. Já seus funcionários passam mais tempo dedicados à tecnologia.

Foram constatadas também três metas em comum entre os campeões digitais: tecnologia de alta performance, qualificação & ampliação de seus talentos e aprimoramento estratégico a partir do uso da inteligência artificial.


Cloud Computing
CADE aprova compra da Red Hat pela IBM sem restrições, mas ainda avalia prática de gun jumping

Tribunal do órgão regulador descartou impacto na concorrência, mas ainda vai analisar se houve eventual prática de gun jumping – quando uma operação é consumada sem a autorização prévia do órgão antitruste. Multa, nesse caso, varia de R$ 60 mil a R$ 60 milhões.

Brasil monta centro para dados, IoT e industria 4.0 com Fórum Econômico Mundial

Sede será instalada no Instituto de Pesquisa Tecnológica de São Paulo e deverá entrar em operação no primeiro semestre de 2020.

Economistas lançam livro sobre Inovação associada à economia do compartilhamento

Paulo Bastos Tigre e Alessandro Maia Pinheiro analisam o impacto dos novos negócios, sob a ótica da academia, na economia digital.

ANAC faz consulta pública sobre futuro dos drones

Órgão regulador da aviação civil quer ouvir a opinião da sociedade sobre como conduzir a operação das aeronaves não tripuladas no País. Consulta irá até o dia 05 de fevereiro de 2020.

Iluminação inteligente é uma das apostas da NEC com Internet das Coisas

O gerente de soluções da engenharia da NEC do Brasil, Eduardo Ribeiro, diz que a fornecedora- que atua como orquestradora de soluções- criou uma plataforma multisegmento, baseada em inteligência artificial, para acelerar a adesão dos serviços inteligentes nos municípios brasileiros.

Desconexão entre Academia, governo e empresas trava inovação no Brasil

Em Israel, afirma o co-fundador e CEO da IBI-Tech, Daniel Skaba, a sinergia do ecossistema de Inovação foi crucial para impulsionar os negócios.
 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G