TELECOM

Algar Telecom contabiliza aumento de 26% na carteira de clientes B2B

Convergência Digital* ... 22/05/2020 ... Convergência Digital

A Algar Telecom divulgou os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2020. A receita líquida da companhia cresceu 13,8% na comparação com o mesmo período de 2019 e chegou a R$ 574,6 milhões.Os indicadores dos três primeiros meses do ano refletem a expansão contínua da empresa, sobretudo no atendimento a clientes corporativos (B2B). O segmento registrou uma alta de 13,3% na receita bruta, totalizando R$ 452,2 milhões, equivalente a 60% dos negócios da operadora.

O número de clientes do B2B aumentou 26% em relação ao primeiro trimestre de 2019 —a maior elevação dos últimos nove trimestres— impulsionada pela maior carteira no segmento MPE (micro e pequenas empresas). Essa evolução é sustentada pelo incremento no serviço de dados, que aumentou 13,4%, e de outras receitas, que incluem TIC (tecnologias de informação e comunicação), cuja melhora foi de 52,1%. Assim como todo o setor, a Algar Telecom teve uma queda já prevista nas receitas de voz, de 7,8% na comparação anual.

A companhia também avançou no segmento de varejo, com maiores receitas de banda larga e expansão da rede FTTH (fiber-to-the-home). A receita bruta alcançou R$ 303,8 milhões e cresceu 9% em relação ao primeiro trimestre de 2019. Ao final de março, 62,9% dos clientes banda larga da Algar Telecom estavam conectados por fibra óptica, com 69% de homes passed.

O lucro líquido registrado no primeiro trimestre foi de R$ 45 milhões. O valor representa uma queda de 11,8% em comparação com os primeiros três meses de 2019, decorrente do maior volume de depreciação de ativos imobilizados resultante de investimentos na expansão da operação B2B e em redes de fibra óptica. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, o lucro líquido mais que dobrou, com alta de 128,4%.

Os resultados do primeiro trimestre não foram afetados pelo novo coronavírus. A Algar Telecom monitora a situação diariamente e trabalha para apoiar clientes, associados (como são chamados os colaboradores do Grupo Algar) e sociedade a atravessar o momento atual com segurança, bem-estar e conectividade.

Em resposta aos desafios criados pela pandemia do COVID-19, a companhia implementou um plano de resposta com avaliações e ações diárias. É realizado o monitoramento constante sobre o desenvolvimento da doença no Brasil, formas de prevenção, adoção de medidas de proteção aos colaboradores e a intensificação do uso de canais digitais para o atendimento e relacionamento com os clientes. Também são avaliados riscos como os ligados à cadeia de suprimentos global, garantindo o estoque de equipamentos para atendimento aos clientes e a manutenção das nossas redes, de forma a não impactar a prestação de serviços.

A companhia tem trabalhado com os clientes para apoiá-los na superação deste momento. Entre as diversas ações, destacam-se a ampliação gradativa de banda para clientes atendidos por fibra óptica para até 100 Mbps; ampliação de conectividade de escolas e hospitais; ampliação dos serviços de VPN para facilitar o trabalho em home office, mais opções de entretenimento, bem como a abertura de canais dos serviços de TV por assinatura.

A empresa estuda neste momento como a COVID-19 deve afetar os negócios e o setor nos próximos trimestres, mas trabalha com a possibilidade de enfrentar um cenário desafiador, de agravamento da crise econômica, em que o mercado de telecomunicações pode ser impactado por questões como inadimplência e suspensão de contratos. De toda forma, a Algar Telecom mantém geração de caixa consistente e alta liquidez para enfrentar o atual momento, tendo, ainda, reforçado o seu caixa com uma emissão pública de R$ 150 milhões em debêntures concluída em abril.



Internet Móvel 3G 4G
Reino Unido define futuro da Huawei no 5G

Conselho de Segurança Nacional do Reino Unido, presidido pelo primeiro-ministro, Boris Johnson, bate o martelo nesta terça-feira, 14 de julho, se a Huawei estará ou não nos projetos 5G. Decisão política define se o Reino Unido ficará próximo da China ou se vai balizar o governo Donald Trump, dos EUA.

Padtec reorganiza e se prepara para ir à Bolsa de Valores

IdeiasNet, ex-controladora, foi incorporada pela Padtec Holding. Ida à B3 é estratégia de médio prazo e servirá para a expansão internacional da companhia.

Londrina quer vender Sercomtel por R$ 130 milhões

Tentativa de privatização da operadora, que tem cerca de 400 mil acessos de telefonia e internet, foi remarcada para 18/8, na B3. Prefeitura admitiu o parcelamento na aquisição para atrair interessados nessa nova tentativa.

Refarming vai trazer 5G antes do leilão da Anatel, diz Rodrigo Abreu, da Oi

Executivo adverte, porém, que é necessária uma massificação de verdade na infraestrutura ótica no País. Para Abreu, o leilão tem de acontecer em 2021. “O Brasil não pode atrasar mais”, pontuou.

STF decide que Lei estadual que proíbe fidelização é constitucional

Para a Ministra relatora Rosa Weber, a lei do Rio de Janeiro apenas veda a fidelização, sem interferir no regime de exploração ou na estrutura remuneratória da prestação dos serviços. O objetivo, segundo ela, é apenas a proteção dos usuários.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G